‘Nova Orla’ terá início este semestre

Anderson Carvalho –

O público de mais de 600 mil pessoas na queima de fogos na Praia de Icaraí, durante o Réveillon, entre eles 100 mil turistas e visitantes, que lotaram a rede hoteleira da cidade, animou o poder público municipal, que já planeja projetos visando incrementar o turismo local, um deles, iniciar no primeiro semestre o projeto Nova Orla, para revitalizar toda a orla da cidade, na Zona Sul e Região Oceânica.

Para melhorar a infraestrutura das praias, o projeto Nova Orla contemplará a instalação de banheiros públicos, a exemplo dos que já existem nas praias da Zona Sul do Rio. O programa começará a ser executado em Charitas, onde serão implantados novos quiosques – mais acessíveis, modernos e com melhor estrutura, além de um deck e uma ciclovia. As obras contemplam o trecho que vai do calçadão, em frente a Praça do Radioamador até a estação de catamarãs. O deck será construído na praça e de lá será possível contemplar as enseadas de Charitas, São Francisco e Jurujuba. O modelo a ser feito no bairro será seguido nas demais praias da cidade. A gestão do projeto está vinculado à Secretaria Executiva da prefeitura e tem parceria do governo federal.

Também nas praias a prefeitura já começou o projeto Verão, de ordenamento e mobilidade, que integra várias secretarias e órgãos municipais, tendo como órgão coordenador das atividades a Nitttrans. A Neltur realiza o Orla Legal, que faz controle e ordenamento de vans e ônibus de turismo e excursões nas praias da Região Oceânica.

Turistas
Segundo a Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), em dezembro, passaram pelo MAC mais de 33 mil visitantes; na Fortaleza de Santa Cruz, em Jurujuba, cinco mil; e no Parque da Cidade, três mil. O Museu Janete Costa de Arte Popular, no bairro do Ingá, recebeu mais de dois mil visitantes no mês passado, conforme a Secretaria Municipal de Cultura. De acordo com a Neltur, o que totaliza mais de 40 mil pessoas circulando no município nestes atrativos turísticos. A tendência é este número crescer este mês e no Carnaval com as dezenas de blocos nas ruas e o carnaval de bairro.

Para o presidente da Neltur, José Guilherm Azevedo, as visitas são também fruto da festa do Réveillon, o maior evento de Niterói. “Traz retorno para a cidade por impulsionar a economia, principalmente os polos hoteleiro e gastronômico”, afirmou.

Segundo o Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes de Niterói e Região, o município tem 40 hotéis e motéis e 1.800 leitos. Entre os hotéis mais badalados, H Niterói, no Ingá; o Tower Icaraí e o Quality Hotel, no Gragoatá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *