Nova guerra entre facções causa apreensão em Niterói

Um novo confronto entre organizações criminosas está provocando apreensão em moradores das comunidades do Morro do Estado e Morro do Palácio, localizadas na Região Central de Niterói. Nesta quarta-feira (25), o 12º BPM (Niterói), responsável pelo patrulhamento na cidade, afirmou que está reforçando o policiamento na região.

De acordo com relatos recebidos pela reportagem de A TRIBUNA, a facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP) teria retomado o controle do tráfico de drogas no Morro do Estado, que havia sido perdido há cerca de um ano para o Comando Vermelho (CV). Na ocasião, foram registrados vários confrontos entre criminosos rivais.

Na última segunda-feira (23), os traficantes do TCP teriam iniciado uma “invasão” à uma comunidade vizinha do Estado, o Morro do Palácio, que ainda estava em poder do CV. Moradores relataram terem ouvido confrontos. Em áudios que circulam na internet, motoristas de aplicativo demonstraram apreensão em aceitar corridas para a região.

“Peguei uma viagem do Centro ao Ingá, na entrada do Palácio. Quem pegar corrida para cá a orientação é baixar os quatro vidros, ligar o alerta e a luz do salão. Deixei o morador logo na entrada. O moleque veio e falou comigo, aquele procedimento ‘de favela’ mesmo. O Morro do Estado agora é Terceiro Comando. Liberaram o roubo, muita atenção aí”, disse um motorista, que não se identificou.

O comando do 12º BPM afirmou que dará “prosseguimento ao policiamento reforçado na região mencionada, salvaguardando os moradores da localidade”. A unidade ainda frisou que “ações policiais são precedidas de informações do setor de inteligência da corporação e de órgãos oficiais, sendo executadas com base em protocolos técnicos com foco central na preservação de vidas”.

Batalhão afirmou que está com policiamento intensificado – Foto: Arquivo/A Tribuna

Série de eventos

Em comunicado, o batalhão ainda elencou uma série de eventos que fizeram a unidade intensificar o policiamento no entorno das comunidades. No início do mês de maio, dia 4, equipes do 12º BPM prenderam um indivíduo apontado como uma das lideranças do tráfico no Morro do Estado, e que estava foragido da Justiça. Contra ele havia três mandados de prisão em vigor.

Poucos dias depois, em uma indicação de disputas de facções criminosas para o controle do tráfico de drogas na localidade, em 8 de maio de 2022, um suspeito com anotação criminal por tráfico de entorpecentes deu entrada no Hospital Estadual Azevedo Lima, atingido por disparo de arma de fogo, e um cadáver não identificado foi localizado no Morro do Estado. No dia 13 de maio de 2022, um homem foi localizado ferido por disparo de arma de fogo e uma pistola foi apreendida na comunidade.

“Logo após esses acontecimentos, com base nas atividades de inteligência, o comando do 12º BPM determinou o reforço no policiamento, montando cerco na localidade, com emprego do Grupamento de Ações Táticas e de viatura blindada”, afirmou o tenente-coronel Marcelo Carmo, comandante do 12º BPM.

A reportagem também procurou a Polícia Civil e a questionou se há investigação em andamento para apurar possível nova disputa entre facções na região. Contudo, até o fechamento deste texto, não havia sido enviada resposta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.