Nova creche em Neves não deve sair do papel

Aline Balbino

Há aproximadamente quatro meses foi instalada uma placa informando a construção de uma creche municipal na Rua José Augusto Pereira dos Santos, em Neves, São Gonçalo. Há pouco mais de uma semana a placa foi retirada e gerou dúvida nos moradores da região. No terreno que seria construída a escola há muito lixo e água parada. Quem vive no local reclama de ratos e mosquitos. A área já sofre com o abandono, principalmente, de um Ciep e de vários terrenos baldios que estão abarrotados de lixo. A violência também domina a região que apresenta usuários de crack e assaltos diários.

Creche SG [2]

Segundo a Prefeitura de São Gonçalo, o Governo Federal não repassou cerca de R$ 3 milhões que seriam destinados à construção desta e de outras creches. No local seriam atendidas 120 crianças. “A gente vê a prefeitura vindo aqui limpar e recolher o lixo. Mas, pouco depois a situação fica horrível. Uma creche seria maravilhoso porque aqui é um lugar muito vazio, ermo e perigoso. Sem contar que ajudaria as mães da comunidade. Acho que eles deveriam colocar esse ciep para funcionar de novo”, disse Cleuza Santos.

O Ministério da Educação e Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) foram procurados, mas não responderam até o fechamento desta edição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − cinco =