Nova Catedral de Niterói começa a ganhar forma

Raquel Morais

As obras da Nova Catedral São João Batista, no Caminho Niemeyer, no Centro de Niterói, estão a todo vapor. Até o final de fevereiro está previsto o término da fase relacionada aos elementos que envolvem a nave, que já estão sendo construídos. O cronograma está sendo respeitado, assim como os protocolos para evitar a disseminação da Covid-19. Quem passa pelo local já consegue ter dimensão da magnitude da obra e o tamanho do espaço celebrativo.

O gestor do projeto da Nova Catedral, Denis Carneiro, explicou que até o final de fevereiro será terminada a etapa da obra de construção dos elementos ao redor da nave da catedral: paredes, pilares, vigas e blocos.

“Teremos todos os elementos envolta da nave já construídos. Depois começará a nova etapa que serão os três blocos que vão sustentar todo o monumento da Catedral. Quando a pessoa chegar na explanada, tudo que ela olhar acima da terra (que são os três pórticos, a cúpula de 60 metros de diâmetro e a cruz com 75 metros de altura) ficará suportado nos três blocos”, explicou.

A equipe de trabalhadores tem 40 funcionários que vão começar em março a construção desses três blocos. Denis explicou ainda que desde o início da pandemia do coronavírus, três trabalhadores foram infectados.

“Quando eles chegaram no canteiro de obras foram identificados sintomas. Eles foram mandados para casa, foi diagnosticada a doença, eles fizeram o isolamento e se curaram. Eles já voltaram ao trabalho e por isso mantemos os procedimentos de segurança para evitar a contaminação”, completou o gestor.

O PROJETO
A Catedral será construída em área de 13,6 mil metros quadrados, no Caminho Niemeyer. A capacidade interna será de cinco mil pessoas e 15 mil na área externa. A cúpula terá 60 metros de diâmetro e a nave central com 80 metros. Segundo informe da mitra há também a previsão de construção de todo um anexo administrativo cultural com salão de exposições, museu de arte sacra, arquivo histórico, espaço cultural, teatro, livraria, café, além da centralização para potencializar ainda mais todo o trabalho social e pastoral realizado pela Arquidiocese. Por se tratar de um projeto de Oscar Niemeyer, a Nova Catedral já nasce tombada como patrimônio histórico e cultural do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 2 =