Nova assembleia dos rodoviários vai avaliar campanha salarial


Na sexta-feira (12) uma nova assembleia vai tentar definir o rumo dos rodoviários de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá. A categoria se reuni em dois turnos para avaliar a campanha salarial, às 9h e às 15h na sede social do Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac), no bairro do Sapê, Niterói. Será a segunda rodada de deliberações, após a oferta patronal de reajuste salarial de 4%, pagos em novembro deste ano e julho de 2022, e aumento de 25% na cesta básica.


Os rodoviários, que estão com os salários congelados há dois anos, decidiram, em assembleia no dia 4 de novembro, entrar em estado de greve e manter as reivindicações de reajuste salarial imediato de 10%, aumento de 20% nas demais cláusulas econômicas do contrato de trabalho, R$ 400,00 para o valor da cesta básica (hoje é R$ 280,00), comissão de 2% para os motoristas que acumulem a função com a de cobradores, e instalação de cofres nos pontos finais de maior circulação.


“Por enquanto, as empresas não avançaram nas negociações e vamos realizar essa assembleia para avaliar a campanha salarial e deliberar sobre os próximos passos de nossa mobilização. O certo é que os rodoviários não aguentam mais os salários congelados, diante de uma inflação que corrói a cada mês a qualidade de vida dos trabalhadores”, afirma o presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira.


Na avaliação da diretoria do Sintronac, as empresas podem conceder um percentual de reajuste maior, já que reduziram a frota em circulação em até 50% e cortaram, durante a pandemia, 30% do pessoal, algo em torno de 3,9 mil profissionais, mesmo participando do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm). As companhias que aderiram ao benefício não podiam demitir trabalhadores, pois o BEm cobria boa parte dos salários daqueles que entravam em regime de redução de carga horária ou revezamento por escala.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + seis =