‘Nosso objetivo é atender à sociedade’, diz coronel Guerra ao assumir o 4º CPA

As regiões Leste Fluminense e Lagos, do Rio de Janeiro, passam por mudanças na área de segurança pública. O 4º Comando de Policiamento de Área (CPA), da Polícia Militar, passou a ter como comandante o coronel Sylvio Guerra, que deixou o 12º BPM (Niterói). Quatro batalhões da PM são subordinados à unidade. São eles o 7º BPM (São Gonçalo), 25º BPM (Cabo Frio), 35º BPM (Itaboraí), além do 12º BPM.

Na manhã desta quarta-feira (21), foi realizada cerimônia de troca de comando, na qual o coronel Marco Lima transmitiu o cargo para Guerra. O novo comandante pregou continuidade e afirmou que pretende dar sequência ao trabalho realizado pela gestão anterior, com foco na integração entre forças de segurança, experiência que traz do comando do 12º BPM.

“A primeira coisa é manter o trabalho que está sendo feito pelo coronel Marco Lima, um excelente trabalho que vamos manter e, a cada momento, adaptar às ideias e ao planejamento de cada necessidade. Essa integração, eu vindo do 12º BPM, já existia e vou trazer essa integração para dentro do 4º CPA, com todas as forças de segurança. Nosso objetivo é atender à sociedade”, disse Guerra.

O comandante também tocou em pontos sensíveis da região, como por exemplo os arrastões que aconteceram, nos últimos dias, nas rodovias RJ-104 e BR-101, em São Gonçalo. Ele afirma que pretende conversar com o comandante do 7º BPM, Gilmar Tramontini, acerca de uma eventual ocupação das regiões de Jardim Bom Retiro e Santa Luzia, onde estariam concentrados os criminosos que cometem os crimes.

“São áreas completamente diferentes e, com isso, acarreta uma necessidade de diferentes policiamentos para cada local. Isso, ao longo do tempo, vou conversar com o comandante do 7º BPM, se existe ou não essa necessidade ou então buscarmos outro planejamento para determinadas áreas”, prosseguiu.

Por fim, Sylvio Guerra destaca a grande diferença entre as áreas sob jurisdição do 4º CPA, que engloba, além das cidades onde estão os batalhões, municípios como Maricá, Tanguá e cidades da Região dos Lagos. “A área do 4º CPA engloba quatro unidades, sendo cada uma com sua característica. Para que o trabalho funcione, é necessário trabalhar diferenciadamente em cada área dessas, que são extremamente diferentes. O que nós vamos focar é no trabalho diferenciado em cada área, dentro de suas necessidades”, concluiu.

A cerimônia de transmissão do cargo foi presidida pelo coronel Marcelo Nogueira, subsecretário de Gestão Operacional da Corporação. O evento ainda contou com a presença de autoridades, como o delegado Marcello Braga Maia, da Polícia Civil. Marco Lima abriu a cerimônia, com o discurso de despedida e, em seguida, foram oferecidas flores à esposa e filhas de Sylvio Guerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 4 =