Noivas levam calote de empresa de filmagem em Niterói

Raquel Morais –

Um grupo de 15 noivas de Niterói se reuniu para denunciar uma empresa de filmagem especializada em casamentos na cidade. Segundo relatos, os vídeos produzidos pela S2 Filmes, liderada pelo empresário Wagner Martins, não foram entregues desde 2014. O caso foi parar na delegacia e até no 2º Juizado de Niterói, onde tramitam ações individuais.

A engenheira Nathalia Brito, de 31 anos, disse que contratou a empresa em 2014, na época ainda em parceria com a esposa do Wagner, que depois da separação continuou trabalhando sozinho. O casamento aconteceu em dezembro de 2015 e os problemas começaram no próprio dia. “Ele me ligou informando que já estava chegando no hotel onde eu estava me arrumando para fazer o making off. Porém, o assistente que faria o making off do meu noivo havia sofrido um acidente no caminho e não compareceria. Como ele não tinha nenhuma pessoa para cobrir a ausência desse assistente, o making off dele não foi filmado”, explicou.

Outros problemas também foram identificados pelo casal durante a cerimônia, mas a dor de cabeça começaria de verdade quando o casal não foi mais atendido pelo telefone e nem encontrou mais o empresário. “Estamos esperando o andamento do processo”, completou.

A também engenheira Lívia Paz, de 31 anos, ainda não entrou na justiça contra a empresa de filmagem, mas já registrou queixa na 77ª DP (Icaraí). A jovem se casou em outubro de 2015 e até hoje não teve acesso às filmagens. “Depois de dezembro de 2015 eu tive bastante dificuldade para entrar em contato com ele, que dava uma série de desculpas dizendo que estava com problemas pessoais e até que estava internado. Depois de março de 2016, aproximadamente, eu não consegui mais contato com ele. Enviei uma série de e-mails perguntando o andamento do meu vídeo, o local e o prazo para entrega, mas não tive resposta”, comentou. “Paguei o serviço à vista, fiz questão de contratar uma empresa para filmar a cerimônia na igreja e a festa, justamente para ter essa lembrança e os detalhes que ocorreram no dia. Se ele não me entregar o vídeo, não terei outra maneira de recuperar os detalhes. Afinal, só se casa uma vez”, lembrou.

A equipe de reportagem de A TRIBUNA tentou contato telefônico e pelas redes sociais com o Wagner, mas também não conseguiu retorno até o momento.

One thought on “Noivas levam calote de empresa de filmagem em Niterói

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =