Niteroienses reclamam do aumento do preço da passagem de ônibus

Raquel Morais

Nesta segunda-feira (30) os usuários do transporte público de Niterói já puderam sentir a diferença no preço das passagens municipais, no primeiro dia útil após o reajuste. O aumento, de 5,40%, fez saltar a tarifa de R$ 3,70 para R$ 3,90 e a diferença não agradou os passageiros. O próximo aumento, autorizado pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp), será a partir do dia 12 de fevereiro quando as tarifas das Barcas serão reajustadas: a linha social Niterói X Praça XV de R$ 5,60 para R$ 5,90, e a linha seletiva Praça XV-Charitas de R$ 15,40 para R$ 16,50.

O universitário Felipe Leal, 35 anos, não aprovou o aumento da tarifa e acha injusta a diferença. “O preço da passagem está tão alto que eu prefiro usar o Uber quando estou sozinho ou acompanhado. Acho que o custo benefício vale muito a pena”, comparou o estudante de Direito. Um trajeto simples, da Avenida Roberto Silveira, em Icaraí, até a estação das Barcas, no Centro, de ônibus custa os R$ 3,90 por pessoa. Com o aplicativo, o mesmo percurso, custa R$ 8,65, em pesquisa feita na tarde de ontem, sendo que podem usar o mesmo veículo até quatro pessoas, o que daria R$ 2,16 por passageiro.

A dona de casa Marília Afonso, 42 anos, também reclamou das alterações dos valores. “Fico me questionando até quando isso vai acontecer. Já cheguei a pegar ônibus que custava menos de um real e agora está em quase cinco reais. O salário mínimo não acompanha esses aumentos e é justamente essa conta que dá negativo para todas as pessoas”, pontuou.

O aumento foi calculado abaixo da inflação que, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) dos últimos 12 meses, é de 6,28%. Em nota a Prefeitura de Niterói informou, na semana passada, que a cidade tem 70% de sua frota equipada com ar-condicionado, que é o maior percentual do Estado do Rio e de todas as regiões metropolitanas do país. Esse reajuste vem para garantir o equilíbrio econômico e financeiro previsto no contrato de concessão com as empresas de transporte público de forma que até o final deste ano a frota atinja a meta de 90% dos ônibus equipados com com sistema de ar condicionado.

One thought on “Niteroienses reclamam do aumento do preço da passagem de ônibus

  • 1 de fevereiro de 2017 em 02:55
    Permalink

    Está na hora de mostrar quem manda… até quando vamos ficar submissos?
    HOra de se rebelar..

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 2 =