Niterói tem queda na taxa de ocupação dos leitos para Covid-19

O Sindheleste que representa os hospitais particulares da região, informou que até ontem (12) houve uma pequena queda na taxa de ocupação dos leitos de Covid-19 do município de Niterói, quando comparados a última semana. São Gonçalo, no entanto, teve um aumento nas internações dos leitos clínicos particulares. Em Niterói, a ocupação dos leitos dos internados em terapia intensiva, teve uma queda na ocupação de 31% para 27%. Já os leitos clínicos, desceram de 17% para 15%, que é o menor índice desde o início da pandemia em março de 2020.

Já a rede pública de Niterói teve uma queda considerada elevada quando comparada com a última atualização no dia 5 de julho, quando a taxa de ocupação estava em 60% dos leitos clínicos e no último dia 11 de julho estava em 34,8%. Já as internações em UTIs de leitos públicos caíram de 48% para 38,4%.

ESTADO DO RIO APRESENTA AUMENTO NA TAXA DE OCUPAÇÃO

A rede pública do Estado do Rio de Janeiro registrou até segunda-feira (12), nos leitos clínicos reservados para pacientes em tratamento da Covid-19 uma ocupação de 3,9%, enquanto os leitos de UTI ficaram com a ocupação de 57,1%.

O estado está no estágio de risco baixo, bandeira amarela. Dos 92 municípios, 14 estão cm bandeira vermelha que indica risco alto de contágio (Porciúncula, Natividade, Varre-Sai, Bom Jesus de Itabapoana, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, São José de Uba, Camabuci, Santo Antonio de Pádua, Aperibe, Itaocara, Italva, Cardoso Moreira).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.