Niterói sem radar: Prefeitura não tem previsão para compra de novos equipamentos

Anderson Carvalho –

Passados mais de três meses após o anúncio, pela Prefeitura de Niterói, do adiamento da licitação para contratação da empresa de engenharia de trânsito e fornecimento de radares eletrônicos, ainda não há data prevista para a realização o evento. A Niterói Trânsito e Transporte (NitTrans) analisa os locais que receberão os equipamentos e a velocidade vai depender da via onde forem instalados. Cerca de 50 radares instados em vias da cidade estão desligados desde fevereiro de 2017, devido ao fim do contrato com a empresa Sinalização, que atendia o município desde 2008.

O adiamento foi determinado no dia 18 de dezembro passado pela NitTrans, por necessidade de adequação do edital. Segundo o Corpo de Bombeiros, na Estrada Caetano Monteiro, na região de Pendotiba, onde havia um radar na altura do número 1700, os acidentes aumentaram em 26% em 2018, na comparação com 2017. No ano passado, na via, foram registrados 80 acidentes de trânsito. Na Avenida Roberto Silveira, em Icaraí, foram registrados 52 ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros em 2016 e em 2017, 73. No ano passado, o número aumentou para 95. No ano passado, foram registradas mais de 3,1 mil acidentes de janeiro a novembro de 2018, segundo o órgão.

Contudo, a sinalização e os aparelhos, mesmo desligados, continuam nas ruas, confundindo os motoristas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *