Niterói registra uma semana sem óbitos por Covid-19 na rede pública

A rede pública de Niterói não apresentou nenhuma morte na última semana. Os dados são da secretaria municipal de saúde do município. De acordo com o prefeito Axel Grael, esse dado reforça o novo momento em que a cidade está passando. “Gratidão aos profissionais de saúde de Niterói, que abraçaram a missão de enfrentar esse vírus com muita dedicação, tanto nos hospitais, quanto no processo de vacinação. Vamos em frente”, publicou o prefeito.

Hospital exclusivo para tratamento

O Hospital Municipal Oceânico é a primeira unidade do Brasil exclusiva para o tratamento de pacientes com Covid-19. As instalações da unidade foram arrendadas de um hospital privado, que estava fechado. Foram realizadas obras de adequação na unidade para receber os primeiros pacientes que começaram a chegar logo depois de sua inauguração, em abril de 2020.

Em junho a unidade alcançou uma marca histórica: duas mil altas de pacientes recuperados da Covid-19 desde a abertura. O hospital já registrou 2.318 altas.

Dose de reforço 

O calendário da aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para os trabalhadores de saúde das redes pública e privada da cidade será ampliado a partir da próxima segunda-feira (22). Para tomar o imunizante, esse grupo precisa ter três meses de intervalo da segunda dose. Para receber a dose de reforço, é preciso apresentar o comprovante de vínculo com unidades públicas ou particulares de Niterói, além da identidade, CPF e comprovante de que recebeu a primeira e a segunda dose.

Neste momento, o município está aplicando a dose de reforço/terceira dose em idosos a partir de 60 anos com um intervalo de 3 meses da segunda dose e profissionais de saúde. A dose de reforço também está sendo aplicada em pessoas com alto grau de imunossupressão, a partir de 18 anos, que tenham tomado a segunda dose há pelo menos 28 dias. De acordo com a lista divulgada pelo Ministério da Saúde. A segunda dose está sendo aplicada em pessoas a partir de 12 anos, com 8 semanas de intervalo da primeira dose. O município segue em repescagem contínua para aplicação da primeira e segunda dose da vacina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − nove =