Niterói recebe ação inspirada em ‘HeartParede’

Raquel Morais –

Hoje é o dia do aniversário de 446 anos da cidade de Niterói e artistas niteroienses participaram de um projeto para homenagear a cidade. Até dia 6 de dezembro seis obras de arte em formato de coração foram espalhadas em vários bairros em uma ação inspirada no ‘HeartParede’. A iniciativa foi executada pelo Complexo Hospitalar de Niterói (CHN) e já está atraindo o público.

Os corações têm 2,5 metros de altura cada e foram instalados no Campo de São Bento, Rua Moreira César e Praia de Icaraí, em Icaraí, Estação Arariboia das Barcas, no Centro, além do calçadão da Praia de São Francisco. As obras de arte foram customizadas pelos grafiteiros Andréa Paula Stelling, Juliana Fervo e Pandro Nobã. “Fiz dois corações e eles são iguais, do Museu de Arte Contemporânea e do Teatro Popular no Caminho Niemeyer. Quando penso em Niterói eu penso em arquitetura e arte e quis homenagear Niemeyer, que é uma das minhas referências, parte do meu trabalho em linhas e curvas. Fiquei muito lisonjeada por esse projeto e ter minhas obras admiradas por muitas pessoas é uma felicidade enorme”, contou a grafiteira Juliana Fervo, de 32 anos.

As obras possuem sistema de iluminação, são interativas e simulam a pulsação de um coração. A tecnologia não para por aí e os apreciadores da arte poderão usar o QR Code pelo celular e descobrirem os pontos que as outras peças estão instaladas, além de receberem dicas sobre a saúde do coração.

“As manifestações artísticas e culturais, em seu sentido amplo, fazem parte do equilíbrio para a saúde plena do indivíduo. Essa campanha faz parte da ação social CHN Mais Vida – Nosso Coração Bate Mais Seguro em Niterói, por meio da qual treinamos instituições em técnicas de Suporte Básico à Vida e instalamos desfibriladores externos automáticos (DEAs). Queremos transformar Niterói em uma cidade segura para o coração”, salientou a diretora-geral do CHN, Dra. Ilza Boeira Fellows.

A ação já capacitou 600 guardas municipais além de policiais militares que já receberam o curso de técnicas de Suporte Básico à Vida e reanimação cardíaca. Segundo nota do hospital, além dos treinamentos, o CHN instala desfibriladores em locais de grande circulação de pessoas, como Clube Naval Charitas, no complexo esportivo Tio Sam, em Camboinhas; na XFusion Academia e na Confeitaria Beira Mar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *