Niterói oferecerá vagas temporárias de fim de ano

Aline Balbino

No último mês de agosto 2.033 pessoas foram admitidas em novos empregos e 3.299 foram demitidas em Niterói. Essa diferença de 1.266 no número de desempregados é muito preocupante para o sistema econômico da cidade. Mas, o fim do ano está chegando e junto com ele há centenas de vagas de emprego temporário. A ideia é que os lojistas contratem até 50% a mais do atual efetivo. A maior parte das oportunidades se concentram no Centro e em Icaraí. É bom ficar atento e dar o melhor pela chance porque muitos desses trabalhadores são reaproveitados posteriormente em vagas efetivas.

Na sapataria Raquel, na Rua Moreira César, há quatro oportunidades de emprego temporário disponíveis. As vagas são para vendedor e caixa. Mesmo em meio à crise e diversos demitidos, Eduardo Araújo, gerente da loja, afirmou que a procura por emprego está baixa.

“Tivemos mais pessoas interessadas em 2015. No ano passado oferecemos cinco vagas e esse ano são quatro. Nas lojas da rede, há pessoas que entram como temporárias e são reaproveitadas. Muitas se inscrevem, trabalham no temporário e depois de meses são chamadas novamente. Mas, esse ano estamos vendo um número bem menor de interessados em vagas de emprego.”, disse.

Na loja Oratória, no Shopping Center Icaraí também à chances de vagas por tempo limitado. Segundo Luiz Vieira, presidente interino na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), os candidatos precisam se destacar nesse período para que a vaga se torne efetiva.

“Normalmente o empresariado contrata em torno de 50% do atual efetivo dependendo do segmento que trabalha. Normalmente começa a contratar em outubro para que haja um tempo de adaptação. Como estamos em certa queda em termos de venda, os empresários estão contratando mais tarde”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *