Niterói lidera com abertura de mais novos postos de trabalho em 2021

Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, Tanguá e Rio Bonito acumularam, juntos, saldo positivo de 1.446 postos de trabalho formais em outubro. A conclusão veio a partir da análise agregada de todos os setores econômicos (indústria, comércio, serviços e agropecuária) via plataforma Retratos Regionais. O melhor resultado mensal destes municípios situados ao leste da Baía de Guanabara ficou com Niterói (+784) seguido de São Gonçalo (+532). Já no período janeiro a outubro de 2021, o saldo de empregos da microrregião é de 13.178 contratações. Niterói aparece na liderança (+6.319), seguido de São Gonçalo (+3.662) e Maricá (+2.180).

A análise específica da indústria da região mostra que, no acumulado do ano, o setor registra saldo positivo de 3.648 vagas de trabalho formais. Niterói (+2.298) e São Gonçalo (+920) representam os melhores resultados industriais do leste metropolitano neste período. Os segmentos que impulsionaram estes números foram, respectivamente, o setor de manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos (+1.434) e a construção civil (+949).

Números estaduais

O estado do Rio abriu 19.703 postos de trabalho formais em outubro. Análise feita pela Firjan, também a partir da plataforma Retratos Regionais, destaca que, com mais esse resultado positivo, o mercado de trabalho fluminense recuperou os empregos perdidos no início da pandemia de Covid-19. Entre março e agosto de 2020 foram extintos 198.649 postos de trabalho e, de setembro de 2020 a outubro de 2021, foram abertos 200.226.

“Esse resultado, além de mostrar recuperação dos empregos, indica que os empresários fluminenses estão confiantes. É um marco importante, mas temos que continuar atentos a fatores que podem impactar essa retomada, entre eles as questões estruturais”, diz Rodrigo Santiago, presidente do Conselho Empresarial de Economia da Firjan.

Em outubro, os setores da indústria e construção abriram 3.910 postos de trabalho. A construção civil (+1.003) seguiu se destacando, seguida por Serviços Industriais de Utilidade Pública (+721), Manutenção, Reparação e Instalação de Máquinas e Equipamentos (+686) e Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios (+652).

O setor de Serviços abriu 11.682 vagas no mês, com destaque para Restaurantes e Outros Estabelecimentos de Serviços de Alimentação e Bebidas (+2.153) e Fornecimento e Gestão de Recursos Humanos para Terceiros (+1.107). No Comércio, o saldo de outubro foi de 4.884 contratações e os destaques foram Hipermercados e Supermercados (+782) e Vestuário e Acessórios (+750). Já a agropecuária fechou 773 vagas.

No acumulado de janeiro a outubro deste ano, o estado abriu 142 mil postos de trabalho, distribuídos entre os setores de serviços (+82,5 mil), indústria e construção (+33,5 mil), comércio (+23,8 mil) e agropecuária (+2,4 mil). As contratações estão disseminadas pelo estado, com 83 dos 92 municípios apresentando saldo positivo no acumulado do ano.


Plataforma Retratos Regionais

A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Caged. Em painel setorial são disponibilizados dados específicos dos setores industriais. Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. A plataforma pode ser acessada através deste link: https://bit.ly/2WunK6

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.