Niterói lança campanha de doação e informa pagamento dos programas sociais

O prefeito de Niterói fez um desabafo na tradicional live realizada toda semana para informar a população sobre a situação da covid-19 na cidade.

“Niterói não é uma ilha. A região metropolitana vive uma situação muito difícil. A capital está com uma fila para internações que só cresce a cada dia. Nós temos São Gonçalo que já chegou a 100% de ocupação dos leitos. Lamentavelmente o sistema de saúde da cidade vizinha já entrou em colapso e sem que haja qualquer medida de restrição enquanto Niterói está fazendo esforço para restringir atividades, nós vemos que esse esforço não existe nas outras cidades. Sem esse tipo de cuidado no município, você acaba sobrecarregando os municípios vizinhos”, desabafou Axel.

O secretário de saúde, Rodrigo Oliveira, usou o gancho do prefeito para lembrar o quanto a atual situação é difícil e perigosa. “É o momento mais difícil que o país já viveu. O estado do RJ demorou para entrar nessa situação, mas agora a maioria das cidades não tem leito”.

De acordo com Rodrigo, mesmo Niterói ainda controlando a pandemia, a situação está ficando grave. “O município está com 87% dos leitos de UTI ocupados na rede pública e 90% na rede privada. Isso porque seguimos firme nas estratégias de combate ao vírus. Hoje, o Hospital Oceânico chegou ao número de 121 pessoas internadas, é o maior número de pessoas internadas desde março/2020. Precisamos seguir com as medidas de prevenção. É fundamental cuidar da gente e do próximo”, apelou Rodrigo.

O secretário informou que o número de pacientes internados, na faixa etária de 30 a 39 anos, dobrou no Hospital Oceânico, entre fevereiro e março deste ano.

ESFORÇO CONJUNTO PARA EVITAR AGLOMERAÇÕES

O secretário de Ordem Pública, Coronel Paulo Henrique, falou do esforço feito pelas autoridades na cidade para fiscalizar e evitar aglomerações.

“Temos a Guarda Municipal que cuida desse movimento social nas ruas, e a equipe do departamento de Postura que está trabalhando muito auxiliando e orientando. A minha ordem para eles é que sigam a risca tudo aquilo que está previsto nos decretos municipais”.

AUXÍLIO AO COMÉRCIO NO MOMENTO DE CRISE

“Reconhecendo o esforço das empresas da cidade para se manterem funcionando, nós vamos aumentar o programa Empresa Cidadã, levando mais um investimento de R$ 36 milhões e vamos dobrar o número de empregos protegidos através desse programa. Hoje temos 12 mil empregos e vamos dobrar esse número”, disse Axel.

A secretaria Ellen Benedetti falou sobre os programas que garantem que as famílias possam cumprir as medidas de isolamento, no período em que não podem trabalhar. “Desde abril/2020 atendemos cerca de 50 mil famílias que são mais afetadas pelas medidas de restrição. Com esses programas podemos garantir que elas sigam em isolamento e consigam garantir sua segurança alimentar básica”.

Ellen informou que os microempreendedores individuais (MEI) e os profissionais inscritos no Busca Ativa, que inclui categorias como vendedores ambulantes regularizados, artesãos, trabalhadores da economia solidária, catadores de recicláveis, produtores agroecológicos, permissionários de banca de jornal, entre outros, terão a recarga efetuada em seus cartões no próximo dia 15.

Para as famílias inscritas no CadÚnico, o cronograma segue nos dias 10, 11 e 12. No dia 10, será efetuada a recarga para pessoas com nomes iniciados de A até F. No dia 11, para quem tem nome iniciado de G até M, e no dia 12, para iniciais de N até Z.

Nos dias 13 e 14, permanece o pagamento para as famílias de alunos da rede municipal que não estão inscritas no CadÚnico. De acordo com o cronograma de ordem alfabética, no dia 13 recebem os responsáveis com nomes iniciados pelas letras de A até J. No dia 14, aqueles com a letra inicial do nome de K até Z.

CAMPANHA DE DOAÇÃO OS PONTOS DE VACINAÇÃO

A Prefeitura de Niterói lançou, nesta quarta-feira (07), a campanha “Niterói Solidária” para arrecadar alimentos e produtos de higiene e limpeza nos pontos de vacinação contra a Covid-19. A iniciativa, coordenada de forma voluntária pela primeira-dama, Christa Grael, estimula as pessoas que forem se vacinar a fazer uma doação para a população em maior vulnerabilidade social da cidade. A partir desta sexta-feira (09), os pontos de vacinação da cidade estão prontos para receber as doações.

“Nós temos recebido pedidos de pessoas que gostariam de contribuir com doações para ajudar as famílias mais necessitadas do nosso município. E o programa Niterói Solidária será uma oportunidade para que a Prefeitura e a sociedade possam unir esforços para superarmos esse momento de dificuldade”, afirmou o prefeito de Niterói, Axel Grael.

A campanha “Niterói Solidária” tem como público-alvo pessoas que não se enquadram nos benefícios disponibilizados pelo Município. A distribuição do material arrecadado ficará a cargo das instituições parceiras no projeto, como representantes da Cruz Vermelha, escoteiros e voluntários da Defesa Civil de Niterói, com o apoio de servidores e das Secretarias Regionais. A primeira-dama, Christa Vogel Grael, frisou que poderão ser doados alimentos não-perecíveis, itens de higiene pessoal e material de limpeza.

BALANÇO COVID

Desde o início da pandemia, a cidade de Niterói confirmou 31.529 pessoas infectadas, 29.759 pessoas recuperadas. Atualmente existem 458 pessoas em isolamento se recuperando dos sintomas da covid-19. Com sintomas mais graves da doença são 345 hospitalizadas. Desde março/2020 a cidade registrou 969 óbitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 − 3 =