Niterói inicia projeto para enfrentar abandono escolar durante a pandemia

A Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Municipal de Educação de Niterói lançaram o projeto piloto de implantação do Busca Ativa Escolar, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em reunião na Escola Municipal Infante Dom Henrique, na Engenhoca. A unidade será a primeira a receber as ações do programa que visa a identificar e recuperar alunos que estejam em situação de abandono escolar.

A unidade escolar será responsável por realizar o levantamento dos alunos infrequentes e em situação de abandono, junto aos dados já analisados pela SME/FME. Os supervisores institucionais, que são designados pela Educação, Saúde e Assistência Social, vão avaliar os casos e acionar os Agentes Comunitários. Esses agentes poderão ser assistentes sociais do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), funcionários do Médico de Família ou da Associação de Moradores do bairro, pessoas ligadas ao território das escolas e das famílias.

Depois que eles conversarem com a família, será avaliada a necessidade de uma visita técnica, entender o seu contexto e apurar os motivos da exclusão escolar. Dependendo do caso, será avaliada a necessidade de acionar o Conselho Tutelar. O objetivo é inserir a família nas políticas públicas do município e recuperar alunos que perderam o vínculo com a escola ou que não participam das atividades pedagógicas.

A iniciativa é uma parceria entre as secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social e Economia Solidária, além de contar com o apoio de colaboradores da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores, Conselho Tutelar e Federação das Associações de Moradores de Niterói (Famnit).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 2 =