Niterói ganha Conselho do Idoso após 16 anos de espera

Após 16 anos de espera, muita luta no campo político e adiamentos, o município de Niterói ganha seu Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (Comddepi). A solenidade de posse dos 28 membros foi realizada na manhã de ontem no Plenário Brígido Tinoco da Câmara de Vereadores. Dirigida pelo presidente do Poder Legislativo Niteroiense, vereador Paulo Bagueira (SDD), a sessão teve a mesa principal formada, além de Bagueira, pelo secretário municipal do Idoso, Beto Saad; pela secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Flavia Oliveira (representando o prefeito Rodrigo Neves); pelo promotor da Pessoa Idosa e com Deficiência, João Carlos Brasil; e pelo advogado da Ordem dos Advogados do Brasil de Niterói; Marcos Fioravanti, empossado como presidente do Conselho.

Com o plenário e as galerias lotadas, os representantes da sociedade civil aplaudiram a apresentação dos corais do Projeto Gugu e da Univerti (Universidade Aberta da Terceira Idade), que cantou músicas natalinas e clássicos da Música Popular Brasileira. Em seu pronunciamento, o vereador Paulo Bagueira elogiou a decisão política do atual governo e o trabalho desenvolvido pela Secretaria do Idoso.

“O prefeito Rodrigo Neves foi sensível aos apelos da sociedade civil ao enviar a mensagem-executiva criando o Conselho. Aqui na Câmara colocamos em discussão e votação com a celeridade que o tema exige. Não podemos deixar de destacar também o envolvimento da Secretaria do Idoso. Embora com pouco tempo de criação, todos os que por lá passaram e, em especial, o empenho e dedicação do atual secretário, Beto Saad, foram fundamentais para que esse momento se tornasse realidade”, disse o presidente.

Apesar de lembrar as dificuldades e desafios que o atendimento e atenção ao idoso demandam, o promotor João Brasil teceu elogios a forma como as políticas de atenção à terceira idade caminham nos últimos tempos e ao encaminhamento dado pelo Legislativo. O presidente Marcos Fioravanti pediu empenho e dedicação de todos os membros para que as políticas públicas e avanços sejam alcançados. O secretário Beto Saad lembrou as tentativas sem continuidade de governos anteriores e o trabalho de Magaly Lucinda Belchior da Mota, uma das figuras que mais lutaram para que o Conselho virasse realidade.

Durante o ato solene de posse seis personalidades envolvidas com a causa receberam o Título de Conselheiros Honorários. São eles Marlene Salgado de Oliveira, reitora da Universidade Salgado de Oliveira (Universo); Waldenir de Bragança, ex-prefeito de Niterói e criador da Univerti; Ary de Carvalho Vasconcellos; João Aylmer Azevedo Souza; Michel Salim Saad; e Magaly Lucinda Belchior da Mota.

Sobre o Conselho
Com quase 85 mil idosos em sua população, um percentual de 17%, e tendo o bairro de Icaraí como mais representativo nesse total, somando 20%, Niterói empossou hoje seu Conselho, instituído pela Lei Municipal 3.301/2017, para ser um órgão consultivo, deliberativo e fiscalizador da Política Municipal da Pessoa Idosa, de composição paritária entre governo e sociedade civil, devendo o Poder Executivo assegurar-lhe condições para o funcionamento pleno. Seus 14 titulares e 14 suplentes vão atuar até outubro de 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 2 =