Niterói fecha o cerco contra pontos de prostituição

07/02/2020

Pedro Conforte

Foto: Pedro Conforte

Niterói fecha o cerco contra pontos de prostituição

Niterói está apertando o cerco em estabelecimentos comerciais que deram entrada em alvarás como bares ou restaurantes e passaram a funcionar clandestinamente como pontos de prostituição. O Departamento de Fiscalização de Posturas (Fipo) da Secretaria de Ordem Pública de Niterói (Seop) já notificou e determinou que nove locais fechem as portas ou regularizem a situação junto ao município, voltando a funcionar como tipo de estabelecimento autorizado pelo alvará. As ações acontecem desde o ano passado, mas como muitos não respeitam a lei, são interditados e até fechados com tijolos e concreto.

Os fiscais da Fipo chegaram até os nove endereços no Centro de Niterói através de denúncias, fiscalizações de rotina e por ofício da Polícia Civil. Os agentes determinaram a suspensão imediata de qualquer atividade que não estivesse descrita no alvará de funcionamento.


Esta semana, os agentes foram até um imóvel local na Rua Marquês de Caxias, no Centro, acompanhados pela Polícia Militar. Muitas pessoas que passavam pela rua comentaram que já sabiam do funcionamento do ponto de prostituição que funcionava no local há algum tempo.


“Na maioria dos casos já chegamos e lacramos o local. Neste caso, como os responsáveis não foram encontrados, entraremos com um mandado judicial. A partir de autorização judicial, vamos lacrar o lugar”, explicou Rodrigo Saramago, diretor de Posturas, em relação ao imóvel da Rua Marquês de Caxias. As ações estão acontecendo com apoio das polícias Civil e Militar.


Em outros locais, os fiscais já intimaram os responsáveis e lacraram os estabelecimentos. De acordo com a Seop as ações continuarão e serão constantes. Qualquer pessoa pode denunciar irregularidades através do telefone 153, que atende no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *