Niterói entra no top 10 das cidades inteligentes

Niterói está entre as dez cidades mais inteligentes do país. O anúncio foi feito ontem, durante a cerimônia de premiação do Connect Smart Cities. Nos últimos anos, a cidade vem recebendo investimentos como o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), o Centro de Controle Operacional (CCO), implantação do Sistema de Geo Informações da Defesa Civil, sistemas que permitem maior participação da sociedade como o Colab, entre outras iniciativas.

Para ingressar no ranking das dez melhores cidades, Niterói deu um salto de oito posições, o maior entre as vencedoras, entre 2016 e 2017. A avaliação do desempenho das cidades leva em consideração mais de 70 pontos definidos em 11 eixos: mobilidade; urbanismo; meio ambiente; energia; tecnologia e inovação; saúde; educação; economia; segurança; empreendedorismo; e governança.

Entre os pontos avaliados, Niterói se destaca especialmente em relação a gastos com urbanismo, com investimentos de R$ 452,30 por habitante (o segundo maior entre as dez primeiras colocadas), e também em número de patentes, com uma taxa de 27,7 patentes criadas para cada grupo de 100 mil habitantes, a maior taxa entre as líderes do ranking.

“Receber esse prêmio é motivo de muita felicidade. Nos últimos anos Niterói vem sendo reconhecida por instituições independentes, recebendo prêmios pela qualidade da gestão, pela transparência, na área do saneamento, pela qualidade de vida e esse prêmio e mais um importante reconhecimento para nós, sobretudo pelo fato de nossa cidade ter sido a que mais posições subiu nesse ranking. Isso significa que temos feito um trabalho sério, com planejamento, e isso vem dando resultados”, ressaltou o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

Paula Farias, uma das idealizadoras do Connect Smart Cities, explicou o objetivo da plataforma.

“Queremos fomentar o desenvolvimento de cidades inteligentes no Brasil e utilizamos o ranking como uma de nossas principais ferramentas. É esse ranking que traz as informações das cidades para que obtenhamos um indicativo para onde seguir”.

Diretor da Urban Systems, uma das elaboradoras do estudo, e responsável pelo ranking, Tomás Assunção ressaltou o objetivo da iniciativa.

“O ranking nos dá os parâmetros de como as cidades estão se desenvolvendo e se preocupando com a inovação para melhorar a performance das cidades. Toda análise dos indicadores mostra como cada cidade está evoluindo. Niterói é um belo exemplo pois teve uma performance muito boa, apesar da crise e do difícil cenário que vive o estado do Rio”.
A conquista de Niterói se junta a outros prêmios que a gestão municipal vem recebendo nos últimos anos como o primeiro lugar em qualidade da gestão pública concedido pela Firjan, nota dez em transparência em análise da Controladoria Geral da República e do Ministério Público Federal, entre outros.

O primeiro lugar do Connected Smart Cities ficou com Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *