Niterói e SG prorrogam medidas restritivas de combate à Covid

A Prefeitura de Niterói prorrogou, até o dia 31 de dezembro, as medidas restritivas para conter o avanço do coronavírus no município. Com o novo decreto, a cidade mantém a recomendação de isolamento social. A saída dos niteroienses de suas residências “deve ser apenas por motivos de trabalho, compra de gêneros alimentícios, ida a farmácias, por motivos médicos, para ida a estabelecimentos cujo funcionamento esteja permitido ou por conta de atividade permitida”.

Foi determinado ainda a prorrogação da suspensão das aulas presenciais no município até o fim do ano. O funcionamento dos estabelecimentos comerciais permanecem autorizados, obedecendo as regras de prevenção estabelecidas pelo município.

Agências de turismo estão autorizadas a funcionarem somente para atividades internas de escritório e venda de serviços. Shopping centers permanecem autorizados a abrirem das 10 às 22 horas, com presença de público controlada em no máximo a 50% da capacidade.

Clubes estão autorizados a abrirem todos os dias da semana, das 6h às 21h, sempre com cuidados de prevenção sanitária, assim como os quiosques.

Os restaurantes e bares, que já possuíam autorização para funcionamento pelo município, ficam permitidos a funcionar com taxa de ocupação de 50%, respeitando distanciamento de 1,5 metro entre as mesas, às sextas-feiras, sábados, e véspera de feriados até às 2h. Ficou mantida ainda a autorização para funcionamento de academias de ginástica e as aulas coletivas de dança e lutas, seguindo todos os protocolos, mas é vedado o uso de chuveiros, os vestiários devem ser usados somente para troca de roupas mantendo-se o distanciamento interpessoal.

Também permanece autorizada a abertura da área externa do Museu de Arte Contemporânea (MAC), de domingo à domingo, das 9h às 18h, com no máximo 25 pessoas ao mesmo tempo, assim como mantidas as permissões para abertura de praças, que já haviam sido autorizadas no mês de outubro, como Parque da Cidade, Campo de São Bento, Horto do Fonseca, Horto do Barreto, e Parque Rural do Engenho do Mato. Também está autorizada a visitação do Museu Janete Costa, no Ingá.

Pelas redes sociais, o prefeito Rodrigo Neves afirmou que após uma avaliação feita junto com a equipe da Prefeitura, se viu preocupado com a falta de leitos para pacientes graves no Rio e São Gonçalo. Diante do agravamento, decidiu retomar o controle de acesso às praias da cidade.

“Diante do agravamento crítico da situação nas cidades vizinhas, vamos retomar a partir dessa próxima quinta-feira (amanhã),o controle nos acessos às praias de Niterói, com objetivo de evitar aglomerações exageradas e o desrespeito às medidas sanitárias de prevenção a Covid-19”, declarou

Ainda segundo o prefeito, dos 20 leitos destinados a pacientes com coronavírus, 13 estão ocupados, dos quais nove abrigando pacientes de outras cidades.

“O descontrole nas cidades vizinhas impõe atenção máxima em Niterói. No Hospital Carlos Tortelly por exemplo, mantido com recursos exclusivos da Prefeitura, de 20 leitos abertos para coronavírus, hoje 13 ocupados, dos quais nove de pacientes de cidades vizinhas. Isso também está ocorrendo nos Hospitais Privados de Niterói. Apesar do controle da pandemia em Niterói, nossa cidade não é uma ilha no contexto metropolitano”, afirmou.

São Gonçalo

Em São Gonçalo, as medidas foram prorrogadas até a próxima segunda-feira (7). Com risco considerado médio de contaminação pela Covid-19, cerca de 80% dos leitos estão ocupados.

Entre as determinações, está a redução do fluxo de clientes dentro dos estabelecimentos comerciais, que podem funcionar com dois terços de sua capacidade. As atividades e organizações religiosas poderão funcionar, desde que respeitando os protocolos sanitários. Também estão autorizadas o funcionamento das feiras livres que realizem comercialização de produtos do gênero alimentício limitando o atendimento a dois terços da capacidade de lotação. Já as academias, estúdios de musculação, pilates e centros de ginástica poderão funcionar com um terço da capacidade.

Com relação aos shopping centers, centros comerciais e galerias estes permanecem autorizados a funcionar, de 10h às 22h, seguindo todos os protocolos, e desde que “mantenham fechadas as áreas de recreação e lojas como brinquedotecas, jogos eletrônicos, cinemas, teatros e congêneres; limitem a capacidade de utilização de praças e quiosques de alimentação a dois terços da capacidade de mesas e assentos; proíbam o uso de provadores pelos clientes; limitem o uso do estacionamento a dois terços da capacidade.

Testagem em massa

A testagem em massa anunciada pelo governador em exercício do Rio, Cláudio Castro (PSC), vai começar amanhã. Ele também garantiu que as vacinas não serão compradas pelo estados, e sim pelo Governo Federal.

Cláudio almoçou com o prefeito eleito do Rio, Eduardo Paes (DEM), antes de participarem de uma coletiva no Palácio Guanabara. Eles disseram que um dos principais temas tratados no encontro foi a pandemia de Covid-19.

“O que o Ministério da Saúde conversou conosco foi que essa compra (da vacina) será feita pelo Ministério na hora que for e será distribuída entre os estados. Eu, sinceramente, duvido muito que os estados comprarão a vacina. Essa vacina, assim que for aprovada pela Anvisa, todo o encaminhamento é que o Governo Federal, através do Plano Nacional de Imunização, faça essa compra e distribua. E os estados, com o auxílio do município, vão tratar da questão de logística e de aplicar isso na população”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =