Niterói Bloqueada: circulação de pessoas dos outros municípios será restrita a partir de sábado

Para que a epidemia não se alastre rapidamente em Niterói, a partir do próximo sábado (4), haverá restrição da circulação de pessoas de outras cidades em Niterói por duas semanas. Segundo o prefeito Rodrigo Neves (PDT), haverá 28 pontos de bloqueios nas divisas do município e em pelo menos 21 deles haverá barreiras de concreto. A medida já começa a valer hoje como forma de adaptação.

Fala do prefeito Rodrigo Neves

Segundo ele, apenas pessoas dos serviços essenciais poderão acessar a cidade.

“Os trabalhadores da saúde, segurança, manutenção de condomínios, hospitais públicos e privados, farmácias, petshops, mercados, postos de combustíveis e padaria entrarão na cidade”, disse o prefeito.

Segundo Rodrigo Neves, a medida vai vigorar até o dia 18 de abril, para evitar o pico da propagação do novo coronavírus.

“Não será permitida a entrada de cidadãos de cidades vizinhas que fazem divisa com Niterói, como o Rio de Janeiro, Maricá e São Gonçalo. Só autorizaremos funcionários dos serviços autotizados para funcionar no município, com posse de crachá, ou documentos com foto como contra-cheque e declaração do empregador. Essa medida será publicada em Diário Oficial desta quinta-feira (2)”, disse o prefeito.

Este planejamento estratégico foi elaborado pelo Gabinete de Crise no decorrer dos últimos cinco dias. Participaram da elaboração da medida as secretarias de Urbanismo e Planejamento, Niterói Presente, Guarda Municipal e NitTrans.

Segundo o secretário de Urbanismo, Renato Barandier, dos 28 pontos de interligação de Niterói com as cidades vizinhas, haverá apenas sete locais de entrada.

“Nesses municípios teremos integrantes da Guarda Municipal, agentes da NitTrans e guarnições das forças do Niterói Presente dando cobertura na identificação de quem se aproximar das barreiras”, disse Barandier.

Segundo Rodrigo Neves, com base no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Niterói recebe cerca de 250 mil pessoas por dia, perdendo apenas para a cidade de Guarulhos, em relação a cidade de São Paulo.

“É quase a metade da nossa população para dentro de nossa cidade. É preciso perseverar no isolamento e nós estamos vencendo essa batalha, que está apenas começando”, disse o prefeito.

O prefeito disse que em relação ao transporte público, a Prefeitura determinou uma redução de 25% da frota diária junto às empresas que atuam no Terminal João Goulart. Já a entrada dos transportes de cargas estão mantidas.

“O crescimento do número de infectados em nossa cidade ocorre em um ritmo mais lento do que em outros municípios, o que mostra que a quarentena está funcionando”, disse o prefeito Rodrigo Neves durante sua live diária com os secretários.

Estado tem 28 mortos e 832 casos confirmados

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou, na tarde de ontem, mais cinco mortes causadas pelo novo coronavírus. Com isso, subiu para 28 o número de vítimas fatais. O Rio tem 832 casos confirmados da covid-19. Ainda segundo a pasta, as novas vítimas são três mulheres residentes de São Gonçalo, Rio de Janeiro e Arraial do Cabo; e dois homens, de Rio das Ostras e Rio de Janeiro. Outros 49 óbitos estão em investigação.

Segundo boletim da SES, os óbitos dos 17 homens e 11 mulheres foram registrados nos seguintes municípios: Rio de Janeiro – 20 (sete mulheres e treze homens); Miguel Pereira – 1 (mulher); Niterói – 1 (homem); Petrópolis – 1 (homem); Rio Bonito – 1 (mulher); Volta Redonda – 1 (homem); Rio das Ostras – 1 (homem); Arraial do Cabo – 1 (mulher) e São Gonçalo – 1 (mulher)

Já os casos confirmados estão distribuídos da seguinte maneira: Rio de Janeiro – 697; Niterói – 62; Volta Redonda – 12; São Gonçalo – 11; Nova Iguaçu – 7; Duque de Caxias – 6; Petrópolis – 5; Itaboraí – 4; Belford Roxo – 3; Rio das Ostras – 3; Barra Mansa – 2; Maricá – 2; Resende – 2; Rio Bonito – 2; São João de Meriti – 2; Angra dos Reis – 1; Arraial do Cabo – 1; Campos dos Goytacazes – 1; Guapimirim – 1; Macaé – 1; Mangaratiba – 1; Miguel Pereira – 1; Queimados – 1; São Pedro da Aldeia – 1; Seropédica – 1; Teresópolis – 1 e Valença – 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − 1 =