Niterói perto dos 20 mil casos confirmados de Covid-19

Alan Bittencourt

A segunda onda de Covid-19 atingiu todo o Brasil e Niterói, apesar de ser reconhecida pela política de combate à pandemia, também foi afetada pelo número crescente de casos e óbitos. Na quinta-feira (17), a cidade chegou a 19.984 casos e ultrapassará hoje a expressiva marca de 20 mil casos notificados, segundo dados da própria prefeitura. Ressalte-se que, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), Niterói registrou, até quinta-feira (17), 21.328 casos de pessoas infectadas.

Ao fazer um balanço desde 16 de novembro, dia seguinte às eleições em Niterói, percebe-se a evolução da doença no município. Neste dia, foram registrados 15.910 casos. A semana terminou com 16.225 notificações. A segunda semana de análise começou com 16.490 casos no dia 22. O maior salto diário foi verificado do dia 24 para o dia 25: foram 208 casos a mais em apenas 24 horas.

A escalada da doença seguiu na terceira semana pós eleições. No dia 29 de novembro, Niterói tinha 17.278 habitantes com a doença. Nesta semana, a média de casos não passou de 100. Na quarta semana, a cidade apresentava 18.028 notificações no dia 6 de dezembro. Já no dia seguinte, a força da segunda onda de Covid se mostrou, com 203 casos notificados em 24 horas. Entre 7 e 8, mais 180 pessoas entraram nas estatísticas. Esta semana terminou com a cidade chegando a 19.139 notificações.

No último domingo (13), Niterói registrou 19.255 casos. No dia seguinte, o município teve mais 125 notificações. Na terça (15), a alta de casos foi sentida com mais força, com mais 197 casos. Na quarta, foram registrados novos 201 casos. Ontem, seguindo a tendência de alta, Niterói teve mais 206 casos registrados.

Óbitos
De acordo com a Prefeitura de Niterói, no primeiro dia após as eleições, foram registrados 501 casos. Devido a ações como o lockdown realizado em maio, o arrendamento do Hospital Oceânico para ser utilizado exclusivamente no combate ao coronavírus, fechamento do comércio e um trabalho intenso de conscientização da população, o número de óbitos não teve uma grande disparada. A primeira semana analisada, registrou 501 óbitos só no primeiro dia, que foi 16 de novembro. Ao fim desta semana, o aumento foi de nove casos.

O primeiro dia da segunda semana registrou 511 mortes, chegando ao último dia (28), com 523 notificações. Niterói iniciou a terceira semana com 525 notificações, encerrando com 539. Em 6 de dezembro (data de início da quarta semana), 542 habitantes haviam perdido suas vidas. Este período se encerrou com o total de 559 óbitos. Nesta semana, a quinta analisada desde as eleições, foram notificadas 561 óbitos. Até ontem, Niterói registrou a perda de 573 vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 12 =