Niterói abre inscrições para curso de especialização em Riscos Ambientais

Estão abertas as inscrições para o projeto “Educação para Riscos Ambientais”, que consiste em um curso de formação continuada para professores da rede pública municipal da cidade. O objetivo é tratar sobre os Riscos Ambientais e terá duração de dois anos com 50 vagas para duas turmas. Na qualificação os professores vão estudar sobre os riscos, como deslizamentos e inundações por exemplo, e formar uma cultura de prevenção no município.

O projeto é parte do Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados (PDPA) e até o final desse mês as inscrições estão abertas para os professores do Ensino Fundamental I e II da rede pública de Niterói. Já em agosto serão iniciadas aulas quinzenais para as turmas 1 e 2, havendo 25 vagas para cada turma. No ano que vem maios duas turmas serão iniciadas com mais 25 vagas cada uma.

O curso quer capacitar os professores para que eles entendam que a prevenção é um dos caminhos para evitar inúmeros desastres ambientais, minimizando os riscos ambientais. De acordo com a UFF a maioria dos riscos ambientais podem ser prevenidos, além de evitar grandes fatalidades, preservar o patrimônio público e salvar muitas vidas. Durante os dois anos de duração do projeto, serão formadas quatro turmas de docentes com aulas ao longo de quatro meses, com encontros síncronos e assíncronos, nas quais será privilegiada a articulação entre teoria e prática para a discussão de fatores naturais e antrópicos na geração de riscos ambientais, formação e conservação de solos, importância da biodiversidade edáfica.

A Universidade Federal Fluminense (UFF), a Fundação Euclides da Cunha(FEC) e Prefeitura de Niterói estão unidas nesse projeto. “Reforçamos sempre o papel da educação e ciência para solução dos problemas locais e nacionais. O Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados (PDPA) foi um grande avanço Niterói, são dezenas de projetos focados em trazer melhorias para a cidade, em diferentes setores: saúde, meio ambiente, educação, economia etc. O projeto de Educação para Riscos Ambientais envolve uma equipe de alto nível dos Institutos de Geociências e Química e certamente construirá um legado para os profissionais da nossa cidade, nossas crianças e consequentemente para o futuro”, comemorou o reitor da UFF, prof. Antonio Claudio Lucas da Nóbrega.

Raquel Morais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 4 =