Niterói abre ano legislativo e apresenta projetos para o município

Nesta terça-feira (23) aconteceu a abertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Niterói. O prefeito Axel Grael apresentou os principais projetos de sua gestão para a cidade. Ele destacou os desafios para o enfrentamento à pandemia do coronavírus e as estratégias para a retomada econômica e a redução das desigualdades no município.

“Tenho certeza de que Niterói continuará avançando contando com a parceria entre o Executivo e o Legislativo, cada um com sua função institucional, mas ambos trabalhando em torno de um projeto de cidade claro, que já mostra resultados e tem a aprovação dos niteroienses. Com a união de toda a sociedade e a republicana relação entre os poderes, Niterói vai seguir à frente, cada vez mais orgulhosa, igualitária, inovadora, próspera, integrada, solidária, sustentável, inclusiva, participativa e transparente”, disse o prefeito.

De acordo com Axel será preciso trabalhar para que a Covid-19 não acentue as desigualdades sociais no município.

“A diminuição da atividade econômica, a queda da arrecadação e o aumento do desemprego são apenas alguns dos indicadores de que este ano será especialmente desafiador. Os mais de 5 mil municípios brasileiros terão em comum a missão de detectar suas potencialidades, definir políticas públicas e buscar recursos com objetivo de minimizar os efeitos da pandemia. Em Niterói, a expectativa é que a retomada tenha contornos menos traumáticos pois, nos últimos anos, durante a gestão do prefeito Rodrigo Neves, o município apostou no planejamento estratégico e gestão fiscal responsável para garantir a racionalização dos gastos, transparência e assertividade dos investimentos”, destacou.

Axel Grael, assim como em toda a sua campanha, garantiu a geração de empregos e a melhoria na qualidade de vida dos cidadãos.

“Mais do que nunca, precisamos ter um olhar voltado à população em vulnerabilidade social. Manteremos a gestão da cidade com um olhar integrador, mas com prioridade para os que mais precisam: com transparência, participação, legalidade, integridade e correção, com planejamento e com base na ciência, na boa técnica e nas melhores práticas”.

Implantação da Nova Alameda e do Terminal de Integração do Caramujo e o prosseguimento das obras de drenagem e infraestrutura na Região Oceânica, são os projetos apresentados pelo prefeito Axel Grael para os próximos quatro anos. Ele ressaltou a intenção de impulsionar a revitalização do Centro e de expandir o Niterói Presente para todas as regiões da cidade.

“Durante o processo eleitoral, reunimos sugestões que embasarão o plano Niterói na próxima década. Trata-se de uma atualização do Plano Estratégico Niterói Que Queremos, lançado em 2013. O documento, em sintonia com valores democráticos e de cidadania, foi elaborado com ampla participação popular, norteou as ações da administração municipal nos últimos anos e servirá como base para os próximos anos”, apontou o prefeito.

Principais pontos do pronunciamento:

A implantação do prontuário eletrônico será feita para modernizar a área a saúde. Os programas Remédio em Casa e Programa Médico em Família serão expandidos.

Para a retomada econômica a prefeitura prevê o desenvolvimento de um ecossistema de inovação, em parceria com a Universidade Federal Fluminense.

Também será colocado em prática um programa de melhorias habitacionais, com medidas para a geração de emprego e renda nas comunidades.

Na área de urbanismo e mobilidade existe a implantação da Nova Alameda e do Terminal de Integração do Caramujo.

A despoluição do sistema lagunar está entre o planos para Sustentabilidade e meio ambiente. E já começou a sair do papel, com a implantação do Parque Orla Piratininga, projeto premiado que vai solucionar um problema histórico.

Na Segurança Pública se manterá como prioridade para a Prefeitura de Niterói. O Niterói Presente será expandido para todas as regiões da cidade e as ações do Pacto Niterói contra a Violência.

O objetivo é fortalecer Niterói como referência de Cidade Inteligente, com promoção da conectividade em áreas de vulnerabilidade social e uma gama de projetos que coloquem, cada vez mais, o poder público municipal como um agente facilitador para os cidadãos.

Entre as ações na área da educação, estão a ampliação da oferta do horário integral nas escolas da rede. Está sendo realizado um amplo investimento na infraestrutura das escolas, permitindo o acesso a ferramentas tecnológicas que hoje se fazem importantes para o ensino e para tornar o ambiente mais atraentes para as crianças.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + dez =