Na contramão das autoridades, apoiadores de Bolsonaro organizam carreata em Niterói

No próximo domingo, dia 19, o Movimento Endireitando Niterói, marcou uma carreata no Centro da cidade. O encontro está marcado para às 10h na Praça Arariboia e já tem cerca de 300 pessoas confirmadas. Os motoristas vão dirigindo até a Câmara Municipal de Niterói e o objetivo é cobrar medidas efetivas dos vereadores em relação às medidas de enfrentamento adotadas pela Prefeitura de Niterói no combate ao coronavírus.

O coordenador do movimento, Douglas Gomes, explicou que o município deveria adotar o sistema do isolamento vertical, onde os grupos de risco fazem o isolamento e o restante segue trabalhando.

“Nós somos contra as medidas dos decretos. Sou contra o isolamento horizontal e a favor do vertical, ou seja, somente quem não é grupo de risco sai de casa. Acho que tinha que ter um bom senso das pessoas. O poder público faz esse isolamento vertical mas o problema que é feito em algumas categorias. Isso está acontecendo em todo o comércio de Niterói”, frisou,

O organizador do evento ainda reforçou que já estão acontecendo muitas demissões e comerciantes estão falindo na cidade.

“Tudo isso é para tentar dar uma retomada na economia. Eu moro sozinho, eu poderia estar trabalhando. Quero chamar atenção dos efeitos negativos que o isolamento está trazendo para a cidade e reafirmar o apoio ao presidente Bolsonaro”, completou Douglas.

2 thoughts on “Na contramão das autoridades, apoiadores de Bolsonaro organizam carreata em Niterói

  • 16 de abril de 2020 em 09:42
    Permalink

    Tão genocida quanto o presidente.

    Resposta
  • 16 de abril de 2020 em 16:42
    Permalink

    Esse Douglas Gomes deveria ser preso. Primeiro se acaba com a pandemia e depois se recupera a economia. Ele deveria ter vergonha na cara e cobrar do Bolsonero, que está doando R$ 1,2 trilhão para a banca privada, que esses recursos fossem repassados aos empresários a juros baixo, como fazem os
    EUA e qq país governado por pessoa medianamente inteligente. Não existe quarentena vertical, invenção do Bozo, posto que aqueles que saírem às ruas levarão contágio para toda a família. Se fosse na Alemanha ele correria o risco de ser internado em um hospital psiquiátrico!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × quatro =