Municípios decretam novas medidas de restrição contra a covid-19

As cidades do Estado do Rio de Janeiro começaram a implementar medidas restritivas mais rígidas para tentar conter o avanço da contaminação pelo coronavírus. Entre as ações estão a restrição de circulação em vias públicas, fechamento de bares e restaurantes em horários estabelecidos e até barreiras sanitárias. Assim como a capital fluminense, cidades do estado do Rio estão com leitos de UTI para covid-19 chegando no limite de ocupação e registram fila de espera por internação.

As medidas restritivas que já estão em vigor foram prorrogadas até terça-feira (23). No domingo (21), o prefeito de Niterói, Axel Grael, participará de uma nova reunião com o governador Cláudio Castro, e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, para discutir em conjunto as ações para o enfrentamento da doença na Região Metropolitana.

Com a prorrogação, as medidas do último decreto ficam mantidas. Bares e restaurantes podem ficar abertos até 18h. Música ao vivo não é permitida. Os estabelecimentos comerciais de rua abrem às 10h e fecham às 19h. Shoppings centers abertos de 12h às 22h. O objetivo dessas alterações é diminuir a concentração de passageiros utilizando o transporte público nos mesmos horários.O funcionamento dos quiosques das praias está suspenso, assim como a prática de atividades e esportes coletivos. As atividades individuais estão permitidas. A permanência de indivíduos em espaços públicos entre 23h e 5h está proibida. A circulação de pessoas não está restrita, mas não será permitido parar em espaços públicos e gerar aglomerações. Além disso, está recomendado o home office para 50% de funcionários da iniciativa privada e da administração municipal.

São Gonçalo

A Prefeitura de São Gonçalo vai prorrogar até 31 de março as medidas restritivas. Bares e restaurantes poderão funcionar até às 22 horas, mas cumprirão novas regras além das que já estão em vigor, como distanciamento entre mesas, 2/3 da capacidade de pessoas e uso de álcool em gel. A partir de 21h não será permitida a entrada de clientes, que só poderão fazer pedidos até às 21h30. A partir de 22h, não poderá haver mais clientes nos estabelecimentos, que deverão estar com as portas fechadas. Boates, casas de shows e de eventos deverão permanecer fechadas.

O município encontra-se na fase 2, de risco médio de contaminação. Segundo a Prefeitura, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria é de 61% e a de CTI é de 76% para covid-19.

Maricá

As medidas de Maricá foram anunciadas na última quarta-feira (17). A principal delas é a restrição de circulação entre 23h e 5h. Segundo a prefeitura, não há previsão de barreiras sanitárias ou fechamento do comércio. A cidade continua no estágio amarelo 2, com funcionamento do comércio e de serviços dentro de protocolos de segurança e com limitação de pessoas dentro dos estabelecimentos.

Para funcionar, as academia ou centros de ginástica devem orientar aos usuários que higienizem os equipamentos de uso coletivo, e o local só pode ter 50% da capacidade de público.

Dentre as medidas, também está suspenso o retorno híbrido das aulas na Rede Municipal de Ensino que aconteceria no dia 5 de abril. As autoridades ainda vão se reunir para decidir uma nova data de retorno.

As atividades religiosas estão permitidas desde que funcionem com com 30% da capacidade de pessoas sendo obrigatório o uso de máscaras.

De acordo com informações da prefeitura, não há fila de espera por leito de UTI para covid-19. A ocupação de leitos é medida semanalmente. A média desta semana no município é de 40,8%.

A Prefeitura de Maricá assinou na sexta-feira (19) um contrato que garante a aquisição de 500 mil doses da vacina Sputnik V, de fabricação russa, contra Covid-19. Com isso, Maricá se torna a primeira cidade do Brasil a comprar imunizantes contra o coronavírus por conta própria, após a sanção do projeto de lei que autoriza estados, municípios e entes privados a comprarem vacinas contra a Covid-19.

Itaboraí

A cidade, que atualmente encontra-se em bandeira vermelha (risco alto), está seguindo as determinações previstas no atual decreto estadual. Está proibida a permanência de pessoas nas vias públicas no horário compreendido entre 23h e 5h. Em relação ao comércio, a resolução prevê escalonamento de horário: lojas de rua funcionam das 8h30 às 17h30; e shoppings das 10h30 às 22h, com 75% da capacidade de lotação.

As comemorações de 15 anos, casamentos e formaturas estão liberadas desde que mantendo 50% de ocupação nas casas de festa. Bares e restaurantes também deverão funcionar com metade da capacidade de lotação, com horário máximo até as 23h e cumprindo distanciamento de um metro e meio entre as mesas. A música ao vivo é permitida, porém fica proibida pista e espaço de dança. Está permitido apenas o consumo de bebidas alcoólicas para os clientes que estejam nas mesas. sentados em mesas e cadeiras. Serviços de delivery, take away e drive thru estão permitidos sem limitação de horário.

Autorizados a funcionar com 50% da capacidade estão: museus, centros culturais, cinemas e teatros; parques e reservas naturais; serviços de educação física (academias, centros de treinamento, estúdios e similares), parques de recreação infantil e clubes sociais. Ficam mantidas também as atividades esportivas de alto rendimento, sem público.

As novas medidas foram publicadas também no Diário Oficial do município. Na resolução, a Educação foi incluída como atividade essencial. Portanto, fica limitada a até 35% do número de alunos matriculados, nos estabelecimentos de ensino das redes pública e privada, relativamente às aulas e demais atividades presenciais.

A Prefeitura de Itaboraí informou que na sexta-feira (19), a taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 90%, nos leitos de enfermarias é de 74.7%. Os dados são referentes aos hospitais: Desembargador Leal Junior, São Judas Tadeu e no Prefeito João Batista Caffaro.

Rio Bonito

Considerando o significativo aumento do número de casos e de mortes por infecção pelo Coronavírus, o prefeito Leandro Peixe decidiu prorrogar as medidas restritivas impostas pelo Decreto nº 028 do último dia 12 de março.

As medidas deste Decreto poderão ser reavaliadas a qualquer momento. As medidas começam a vigorar em 20 de Março de 2021 e vigora até o dia 24 de Março de 2021.

Continua proibida a permanência de indivíduos nas vias, áreas e praças públicas do Município no horário das 23h às 05h.

Todos os estabelecimentos deverão oferecer máscaras à todos os funcionários e obedecer o controle da distância entre os frequentadores de no mínimo 1,50 metros, incluindo as filas nas áreas internas e externas, o fornecimento de material para higienização das mãos (álcool gel 70%).

Os Restaurantes deverão funcionar com capacidade de 50% de sua lotação, mantendo o distanciamento de no mínimo 1,50 metros entre as mesas. Todas as atividades por entregas em domicílio permanecem autorizadas, respeitadas as normas de higiene e segurança sanitária.

Fica vedado o funcionamento nos Pontos Turísticos: de qualquer atividade comercial, de prestação de serviço, incluindo-se o comércio ambulante fixo e itinerante e os quiosques;Eventos esportivos com público e culturais, em áreas públicas e particulares,

Casas de show, casas de espetáculo estão proibidas de funcionar.

A realização de atividades e eventos religiosos ficará limitada a 50% da capacidade instalada, devendo observar a norma sanitária correspondente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 3 =