“Mundo Grampeado – Uma ópera tecno-tosca” no Teatro Popular

“O espetáculo Mundo Grampeado – Uma ópera tecno-tosca” será apresentado no palco do Teatro Popular Oscar Niemeyer,na próxima quarta-feira, 31, às 20h. Com texto e direção do artivista e multimidiático Marcus Galiña e atuação da Cia Monte de Gente, a montagem aposta alto na abundância, irreverência, grandiloquência e visão de coletivo.

A trama da peça é sustentada pelo personagem Doidjo e seu amigo Dinho. Doidjo tem uma rádio pirata. Dinho vem de andanças pelo mundo, onde desenvolve um software (livre?), o Habacuc, capaz de interceptar e grampear ligações de telefones celulares.

Juntos, eles passam a transmitir, ao vivo, pela rádio “Mundo Grampeado”, as ligações telefônicas interceptadas pelo Habacuc. As histórias grampeadas vão, desde infidelidades conjugais, até a descoberta de um enredo político-afetivo nos bastidores do poder, que envolve políticos, empresários, artistas famosos. Neste contexto, surge a figura arquetípica do político picareta, o Senador Eutorico de Alheios.

A profusão de gêneros e estilos teatrais é uma marca do espetáculo. O que parece, inicialmente, uma comédia de costumes do precariado (sub)urbano, ganha peso e densidade épica ao som da banda, convertendo-se em ópera-rock pós-brechtiana. O tom épico e narrativo se afirma também pela contemporaneidade dos temas e pela politização irônica e ácida que permeia o espetáculo. A dramaturgia parece ir se construindo diante do espectador e é atualizada a cada apresentação, revisitando os principais acontecimentos da cidade, do Brasil e do mundo, bem ao estilo do teatro de revista, gênero teatral carioca por excelência e que há muitos anos foi relegado como menor pelo “moderno” teatro brasileiro.

Mundo Grampeado parece apontar para uma versão contemporânea das revistas de ano, revisitando de maneira peculiar o gênero, sem qualquer apelo nostálgico ou folclorista. Ao contrário, apresenta uma versão digital e “tecno-tosca” da revista para ninguém colocar defeito.

A classificação é livre e a entrada é gratuita. O Teatro Popular Oscar Niemeyer fica na Av. Jornalista Rogério Coelho Neto, s\n no Centro de Niterói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × um =