Muitos não respeitam o isolamento social e mantêm aglomerações em São Gonçalo e Maricá

Com 362 casos confirmados de coronavírus na região, muitos moradores do bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo, de um total de 4.291 detectados no município, insistem em reunir-se em bailes funk. Um deles foi realizado no último fim de semana. Como se não bastasse, bares e lanchonetes apresentam grande movimento. Jardim Catarina lidera o ranking de casos confirmados.

Segundo os dados da Prefeitura de São Gonçalo, na terça-feira (30), o bairro possui mais que o dobro de casos confirmados, do que o Colubandê, com 136 casos. São Gonçalo ainda registra 1.267 pacientes curados, 390 óbitos confirmados e 62 óbitos em investigação. De acordo com informações, o evento realizado no fim de semana teria sido organizado por traficantes.

Entre a noite de sexta-feira (26) e sábado passados (27 de junho) outro evento do gênero foi realizado. Dessa vez o baile funk ocorreu no conjunto residencial “Minha Casa Minha Vida” de Inoã, reunindo centenas de pessoas, em meio a pandemia da Covid-19. De acordo com informações, o baile passou a ser realizado quase toda semana, às sexta-feiras. Vale lembrar que último levantamento de casos de Covid-19, a cidade já ultrapassou a 1 mil infectados, com 53 casos fatais, e tanto em São Gonçalo, quanto em Maricá a polícia segue obedecendo as determinações da Justiça (STF) de não realizarem operações nas comunidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =