MP investiga suporto caso de nepotismo na Prefeitura

O Ministério Público do Estado recebeu uma denúncia referente ao Prefeito de Arraial do Cabo, Renatinho Vianna, por nepotismo à frente da prefeitura da cidade. De acordo o MP, o prefeito teria contratado parentes para cargos comissionados – entre eles pai, irmã, primo e prima, o que é proibido por lei. Na lista divulgada, nove pessoas foram citadas e ocupam cargos que vão de recepcionista a assessores e coordenadores. A irmã do prefeito também foi citada. No processo consta que a denúncia foi feita no MP de forma anônima.

Vianna disse estar tranquilo quanto a denúncia apresentada e “nem todos os Viannas são meus parentes. Vivemos em uma cidade pequena, onde todo mundo tem parentesco com tudo mundo. Com a questão da minha irmã estou despreocupado, não é da folha e nem da administração. Vejo isso como uma ação orquestrada que cabe ao MP apurar, estou tranquilo”.

A assessoria de comunicação da Prefeitura informou que todos os parentes de Renatinho que estão na prefeitura cumprem a súmula 13 do STF, que prevê parentes de terceiro e quarto grau e que os demais não estão nomeados. Ainda segundo a assessoria, o pai do prefeito, Renato Vianna que foi afastado da presidência do Porto do Forno, foi nomeado na gestão anterior e não na atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *