Motorista baleado na BR-101 é levado para o Rio

Foi transferido para um hospital particular na Zona Oeste do Rio o morador de Icaraí que foi baleado no rosto durante um arrastão ocorrido na noite de quarta-feira na BR-101, nas imediações do Piscinão de São Gonçalo. Apesar de policiais militares e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) intensificarem o patrulhamento nos principais acessos e ao longo da rodovia, motoristas denunciam que, sobretudo durante o período noturno, criminosos seguem praticando roubos na via.

A vítima retornava para casa junto com a esposa e a sogra por volta das 19 horas, quando um grupo criminoso teria atravessado um carro na pista da BR-101, altura do bairro Boaçu, na pista sentido Niterói, e tentado abordar motoristas que passavam pelo local. Quando a vítima passou com seu veículo, modelo Kia, os bandidos efetuaram pelo menos dois disparos na direção do carro. Segundo informações da PRF, a vítima, de 50 anos, foi atingida no rosto, sendo socorrida e encaminhada para o Heal, onde foi internada e de lá transferida posteriormente para um hospital particular, na Barra da Tijuca. Reforço policial foi deslocado para a região, mas os bandidos conseguiram fugir. As marcas dos tiros ficaram na lataria do veículo da vítima.

“Escutamos os tiros e pensamos que fosse uma pedrada e só depois nos demos conta que se tratava de um arrastão”, afirmou a esposa da vítima, que não se feriu.

“Estávamos conversando normalmente, de repente, percebemos que tinha um carro atravessado na pista, ele reduziu, acho que ele não viu a ordem de parar e dispararam dois tiros”, disse o cunhado da vítima.

“A gente já evitava passar pela BR, já não passo por ali mesmo. Só que era tão cedo. Quem imagina que por volta das 18h30min tá tendo arrastão?”, completou, acrescentando que os bandidos teriam chegado até a janela do carro gritando para descer, mas quando viram que a vítima estava baleado e bastante ensanguentado, eles correram e foram fazer outros assaltos. A ocorrência foi registrada na 73ª DP (Neves).

A ousadia dos criminosos ronda a mesma rodovia também no período da manhã. No dia 1º de agosto, por exemplo, bastou as patrulhas das Forças Armadas, que guarneciam a BR-101, se ausentarem para que criminosos atacassem pelo menos quatro coletivos que trafegaram pela via, entre os bairros do Jardim Catarina e Salgueiro. Na ocasião, dezenas de passageiros foram vítimas e ficaram sem seus pertences quando seguiam para Niterói. As vítimas, na grande maioria se recusou a formalizar registro de roubo nas delegacias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × três =