Motociclistas se unem em prol de menino

Raquel Morais –

O grupo Comboio Solidário, composto por motociclistas de Niterói, criou a campanha Todos Pelo Bento, que terá ação com renda revertida para o tratamento do pequeno Bento, de 1 ano e 7 meses. O menino nasceu com uma doença rara, denominada deficiência femoral congênita ou deficiência focal proximal do fêmur, e sua família precisa arrecadar fundos para o tratamento, inclusive com intervenção cirúrgica, que gira em torno de R$ 200 mil. O evento acontecerá no dia 15 de abril na sede do Moto Clube São Gonçalo, localizado na Rua Professora Maria Joaquina, na Praia das Pedrinhas.

O tratamento que Bento precisa é chamado de Superhip e consiste em uma restauração ortopédica que possibilitará o Bento crescer e andar. Segundo a mãe do menino Amanda Scovino, de 33 anos, essa será a primeira etapa que o filho terá que passar. “Os médicos falaram que ele terá que passar por cirurgias praticamente de quatro em quatro anos, inclusive com alongamento, que é super dolorido no caso dele. Acreditamos na eficácia do procedimento, que não vai curar o Bento, mas vai permitir ele ter uma vida mais próximo da normalidade”, comentou.

O pai de Bento, Leonardo Santos, de 38 anos, também explicou um pouco sobre o tratamento do filho. “Fomos em várias consultas e como o caso dele é raro, temos poucas referências de casos como o dele. No Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) também fomos informados que não fazem essa cirurgia. Mas é claro que toda luta tem as pessoas do bem e nessa procura encontramos o ortopedista Rodrigo Mota. Se tudo der certo vamos conseguir a ajuda que precisamos para começar esse tratamento”, pontuou o professor que já arrecadou R$ 120 mil entre bingos, rifas, venda de camisas e outros eventos em que organiza com a esposa desde ano passado. O menino é o xodó da família, inclusive do irmão mais velho, Rafael Scovino, de 9 anos. “Eu ajudo a cuidar dele e amo muito meu irmão”, explicou o super-irmão.

O escritor e motociclista Edris Oliveira Vasconcelos, 45 anos, soube do problema do Bento e resolveu ajudar junto com o Moto Clube São Gonçalo, através do Comboio Solidário que está em sua 5ª edição. “Sou motociclista e vamos fazendo esse comboio desde 2016. Uma pessoa que ficou sabendo do Bento pediu ajuda e fui na casa do menino para conversar com os pais dele e resolvi abraçar a causa. Um menino esperto, inteligente e merece e precisa ter o tratamento correto. Vamos chamar atenção das pessoas e conseguir doações para ele”, explicou Edris que no último Comboio arrecadou R$ 27 mil para um menino fazer transplante de células-tronco no exterior.

Quem quiser ajudar o menino pode também fazer um depósito na conta do pequeno (Bento Scovino Eduardo), no Banco Itaú Ag: 9216 – CP: 42110-8 / 500 e no Banco Bradesco Ag: 7032 – CP: 1000055-6.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *