Motociclista morre em tentativa de assalto na BR

Augusto Aguiar

A Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) estão investigando desde a manhã de ontem e tentando identificar os criminosos que na noite de terça-feira mataram a tiros um motociclista, durante uma abordagem na Rodovia Niterói-Manilha (BR-101). A principal versão que está sendo investigada pela especializada é a de crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

Pelo menos a princípio, segundo informes, nenhum pertence teria sido levado da vítima, identificada como Manoel Aparecido dos Santos, de 39 anos.

Também, de acordo com fontes policiais, a vítima passava por determinado trecho da rodovia, possivelmente na altura do bairro de Guaxindiba, em São Gonçalo, quando teria sido rendido pelos marginais. Não se sabe se Manoel teria (ou não) esboçado uma reação, quando foi baleado, não resistindo aos ferimentos. Ainda segundo informes, um transeunte (ou outro motociclista) que passava pelo local do crime, teria recolhido os pertences da vítima e entregue no posto da Polícia Rodoviária Federal, que acionou a DHNSG. Nos últimos meses, várias denúncias de “arrastões”, assaltos a transeuntes, roubos de veículos e de cargas na BR-101 foram denunciados para PMs do 7º Batalhão e PRF, que passaram a atuar em incursões e operações ao longo da via, sobretudo reprimindo o último tipo de delito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − quatro =