Motoboys se reúnem em manifestação no Centro de Niterói

Na manhã dessa segunda-feira (4) os motoboys que prestam serviços para diversas empresas de delivery estão na frente das Barcas, no Centro de Niterói, manifestando para melhores condições de trabalho. A categoria paralisou os serviços nessa segunda para chamar atenção das baixas taxas de entrega dos aplicativos, valorização da categoria, além de pedirem adaptações dos sistemas e também a inclusão dos trabalhadores para recebimento do auxílio dos R$ 500 da Prefeitura de Niterói.

Um dos responsáveis pelo movimento, o motoboy Rafael Simões, 37 anos, explicou que os trabalhadores querem melhores condições de trabalho. Segundo ele as taxas pagas pelas empresas de delivery estão abaixo do valor que seria justo, além de não ter lógica nos pagamentos. “Eu fiz uma corrida que andei 13 quilômetros e ganhei R$ 13 e um amigo andou 7 KM e ganhou R$ 12. Não sabemos como eles fazem essas contas e esse sistema não é claro para os trabalhadores”, frisou.

Outra reclamação da categoria é em relação a taxa de deslocamento. Eles afirmam que o pagamento pelas empresas é feito somente no trajeto entre restaurante-casa do cliente. “Temos um deslocamento que muitas vezes é grande.  Temos custos com combustível e com a manutenção das nossas motocicletas. Isso precisa ser revisto para ajudar o nosso trabalho”, completou Rafael.

Em apuração…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 12 =