Morte de Maradona repercute mundo afora

Alan Bittencourt

O planeta foi pego de surpresa com a morte do ídolo argentino Diego Armando Maradona na quarta-feira (25), decorrente de uma parada cardiorrespiratória. Autoridades, jogadores, clubes e federações manifestaram o pesar com a notícia do craque, campeão mundial com a Argentina em 1986. Em posto feito no Twitter, o prefeito de Nápoles, Luigi de Magistris, anunciou que o Estádio San Paolo se chamará Estádio Diego Armando Maradona.

Emocionado, o prefeito destacou a forte relação de Maradona com o Napoli, clube que é o maior ídolo da história.

“Diego fez nosso povo sonhar. Ele resgatou Nápoles com sua genialidade. Em 2017, se tornou nosso cidadão honorário. Diego, napolitano e argentino, você nos deu alegria e felicidade. Nápoles te ama!”

O presidente argentino Alberto Fernández decretou três dias de luto no país, logo após a confirmação da morte do ídolo. No Twitter, ele escreveu:

“Você nos levou ao mais alto do mundo. Você nos fez imensamente felizes. Você foi o maior de todos. Obrigado por ter existido, Diego. Vamos sentir sua falta o resto da vida”. A ex-presidente argentina Cristina Kirchner descreveu sua tristeza. “Muita tristeza… muita. Se foi um grande. Até sempre Diego. Te amamos muito”.

Segundo o Vaticano, o Papa Francisco, que é argentino e já declarou diversas vezes que ama futebol, “foi informado sobre a morte de Diego Maradona, relembra com afeto as ocasiões de encontro desses anos e o recorda e oração, como fez nos dias passados desde que tomou conhecimento de suas condições de saúde”.

O Rei do Futebol, Pelé, também escreveu em seu Twitter sobre o falecimento de Diego Maradona.

“Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu”.

A Associação de Futebol Argentino (AFA) manifestou “sua mais profunda dor pelo falecimento de nossa lenda, Diego Armando Maradona. Sempre estará em nossos corações”. A CBF deixou a rivalidade de lado e também prestou homenagem ao maior ídolo argentino de todos os tempos.

“O futebol está de luto. Diego Armando Maradona encantou o mundo com sua garra, irreverência e cumplicidade com a bola e os gramados. Um craque que contribuiu para disseminar a paixão dos sul-americanos pelo futebol”.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, descreveu sua tristeza com a notícia que entristeceu o planeta.

“Hoje é um dia incrivelmente triste. Nosso Diego nos deixou. Nossos corações – de todos nós que o amávamos pelo jeito que ele era e pelo que ele representava – pararam de bater por um momento. Descanse e paz, querido Diego. Nós te amamos”.

Maradona era torcedor declarado do Boca Juniors. O clube postou em seu Twitter: “Eterno obrigado. Eterno Diego”. O Barcelona, primeiro clube europeu defendido pelo ex-jogador, escreveu “Obrigado por tudo, Diego”. O Argentino Juniors, seu primeiro clube no futebol escreveu “Te amamos para sempre, Pelusa”. O River Plate, maior rival do Boca, também fez sua declaração. “Até sempre, Diego”. O Gimnasia y Esgrima La Plata, clube em que Diego era o atual treinador, escreveu “Vivemos uma história inesquecível”.

Já a mensagem mais emocionada veio da Itália. O Napoli, que com Diego viveu sua melhor fase na história, postou palavras carregadas de dor.

“Todos esperam palavras nossas, mas quais delas descrevem uma dor como a que estamos vivendo? Momento de lágrimas, e depois algumas palavras. Descanse em paz, Diego”.

Os clubes cariocas também manifestaram pesar com a morte do eterno camisa 10 argentino. “Diego Armando Maradona, um dos grandes gênios do futebol mundial, nos deixou hoje aos 60 anos. O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente e deseja a todos os familiares e amigos do craque muita força neste momento de comoção mundial. Perde o futebol, perde a sociedade”, disse em nota o Flamengo.

O Fluminense afirmou que o argentino era um dos maiores jogadores de todos os tempos. “O Fluminense se solidariza com seus familiares, amigos e fãs. O esporte, a partir de hoje, está um pouco mais triste. Descanse em paz, Don Diego”. Já o Vasco afirmou que recebeu a notícia com imensa tristeza. “Hoje, a comunidade do futebol está em luto. Nossos sentimentos aos fãs, amigos e familiares e ao povo argentino”. O Botafogo afirmou que é um dia triste para o mundo do futebol, que perde um de seus maiores personagens. “O Botafogo sente a dor dos amantes do esporte e deseja força aos familiares, amigos e fãs do craque Diego Armando Maradona. Descanse em paz”.

Os maiores craques da atualidade também lamentaram a morte de “El Pibe de Oro”. O atacante Messi, que veste as mesmas camisas 10 do Barcelona e Argentina que Diego vestiu, demonstrou sua tristeza.

“Um dia muito triste para todos os argentinos e para o futebol. Nos deixa mas não se vai porque Diego é eterno. Fico com todos os momentos lindos vividos com ele e quero aproveitar para enviar meus pêsames a toda sua família e amigos”.

Cristiano Ronaldo exaltou o talento do craque argentino. “Hoje despeço-me de um amigo e o mundo despede-se de um gênio eterno. Um dos melhores de todos os tempos. Um mágico inigualável. Parte demasiado cedo, mas deixa um legado sem limites e um vazio que jamais será preenchido. Descansa em paz, craque. Nunca será esquecido”.

Neymar também disse que o ex-jogador jamais será esquecido. “Sempre estarás em nossas memórias, você deixou seu legado. O futebol te agradece. Descanse em paz, lenda”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =