Morte de Mano Ziul causa comoção no mundo do surfe

Luiz Antonio Mello

Luto profundo em todo o mundo do surfe.

O niteroiense Mano Ziul morreu na madrugada desta quarta-feira (15). Aos 61 anos, ele se recuperava de uma cirurgia para a extração de um tumor no cérebro feita em 2016.

A imagem que fica é essa foto, publicada pelo site Hardcore, que prestou uma bela homenagem ao responsável pela implantação da informática no surfe e que fez do esporte o primeiro no mundo a realizar transmissões ao vivo pela Internet.

Na década de 1980, Mano desenvolveu a transmissão em streaming e resultados on line, com notas divulgadas assim que os juízes digitam. O sistema criado por Ziul revolucionou o esporte e até hoje é utilizado nas competições.

Com o explosivo sucesso planetário da sua invenção, Mano se tornou um cidadão da Terra, viajando constantemente para países onde aconteciam importantes campeonatos. E, em cada point, fazia amigos. Sorriso largo, temperamento solar, gente boa. No trabalho era perfeccionista ao extremo, um gênio que os computadores temiam.

O ge explica que antes da chegada do sistema de Mano, as notas dos juízes eram escritas em folhas de papel, somadas após as baterias e anunciadas cerca de 20 minutos depois. Mano e seu sócio Celso Alves, surfistas que tinham aberto uma loja de informática em Niterói, criaram a empresa “Beach Bite” para agilizar esse processo.

A Liga Mundial de Surfe fez uma homenagem para o brasileiro durante a transmissão da etapa de El Salvador, que começou nesta quarta, e fez um post em agradecimento nas suas redes sociais:

“A WSL está triste ao saber do falecimento de Mano Ziul. Ziul foi responsável por transformar o surfe competitivo de maneiras incríveis e será lembrado por entregar o melhor surfe do mundo aos fãs de todo o mundo. Nossos pensamentos e orações estão com os amigos e familiares de Ziul.”

O site Waves conta que “Mano começou no surfe em 1985, e depois atuou também em outros esportes radicais como skate e snowboard. Em 1989 ele apresentou o projeto para a então ASP e em 1990 passou a atuar na entidade. O Waves presta condolências aos amigos e familiares de Mano Ziul.”

O site Beachcam lembra que “Ziul foi um verdadeiro pioneiro na introdução de sistemas informáticos e tecnológicos no surf mundial, na antiga ASP. Foi o “pai” do livestreaming do circuito mundial, tornando o surf no primeiro desporto a ter transmissão em direto na internet.

“Foi em 1997, em Portugal, que aconteceu esse marco, com um cunho importantíssimo de Ziul, uma das figuras mais queridas e míticas do staff do circuito mundial. Foi ele também um dos principais impulsionadores para as transmissões em língua portuguesa do circuito mundial, assim como da criação de uma equipa profissional e uma transmissão regular em português.

“Mano Ziul desenvolveu inúmeras ferramentas tecnologias que foram determinantes na evolução do surf mundial e do circuito mundial, como o sistema de pontuações, por exemplo. “Foi um visionário que percebeu o poder da internet ainda no século passado e que fez com que o surf beneficiasse dela.

“Foi sempre presença regular em Portugal e um grande amigo do nosso país. Uma grande perda para a comunidade do surf mundial. Que descanse em paz!

O jornal A TRIBUNA, voz do surfe no estado do Rio, lamenta profundamente a perda desse herói, que viveu intensamente pelo surfe, para o surfe.

Deseja aos familiares, amigos, colegas surfistas muita Paz nesse momento tão difícil.

Obrigado, Mano Ziul.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.