Morre Pivete, maior articulador dos roubos de carga em São Gonçalo

O maior articulador de roubos de carga na cidade de São Gonçalo está morto. O traficante Leilson Ferreira Fernandes, mais conhecido como Pivete, foi baleado, na noite dessa quarta-feira (8), em confronto com policiais militares. A troca de tiros aconteceu no bairro do Engenho Pequeno, onde ficam as comunidades que eram usadas como quartel-general pelo criminoso: Coreia e Zumbi.

De acordo com informações da Polícia Militar, o 7º BPM (São Gonçalo) recebeu denúncia afirmando que o criminoso estaria escondido, junto com seus comparsas, em um imóvel na Rua Emília Maria Rodrigues. A PM enviou ao local um grande contingente para apurar a informação, prevendo eventuais ataques. Foram dois Grupamentos de Ações Táticas (GATs), Serviço Reservado (P2), além de outras duas equipes do batalhão.

Ainda segundo informações dos agentes, no local havia aproximadamente 20 criminosos, armados com fuzis e pistolas, que teriam recebido os agentes a tiros. Os policiais revidaram. Houve uma intensa troca de tiros na qual seis suspeitos foram baleados. Nenhum policial ficou ferido. Após o confronto terminar, os policiais reconheceram que um dos criminosos baleados era Pivete. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ele não resistiu.

O batalhão também informou que, durante a ação, dez pessoas foram conduzidas à delegacia, sendo cinco homens e cinco mulheres. Houve apreensão de pelo menos três fuzis e cinco pistolas. Os demais feridos foram socorridos ao Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), no Colubandê, também em São Gonçalo. O corpo de Pivete foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade, no bairro Tribobó. A 73ª DP (Neves) registrou o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − 1 =