Morre o rapaz baleado durante arrastão na BR-101 há 12 dias

Augusto Aguiar –

Após passar doze dias internado, em estado grave, no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, ao dar entrada baleado vítima de um arrastão, na Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), morreu, na noite de quarta-feira (23) o estudante Daniel Borges Doutel Ferreira, de 16 anos. A triste notícia foi confirmada pela direção da própria unidade hospitalar. A família do jovem é oriunda da Zona Oeste do Rio (Jacarepaguá).

No dia 12 de janeiro, Daniel seguia para a praia junto com o pai, o médico Jorge Victor Doutel, de carro pela rodovia, quando bandidos armados promoveram um arrastão na via, levando pânico para os motoristas e pedestres. Pelo menos 20 bandidos teriam participado do ataque. Na ocasião, Daniel estava sentado no banco do carona quando os bandidos chegaram a bloquear a pista. Na altura do bairro Neves, em São Gonçalo, o carro foi cercado e o adolescente não teria aberto a janela do carro no momento da abordagem dos bandidos, que também estavam em outros carros.

Possivelmente por isso, os bandidos efetuaram disparos na direção do carro, atingindo o rosto do rapaz. Desesperado, o pai de Daniel ainda conseguiu deixar o local e dirigir inicialmente até um posto de saúde em São Gonçalo, e de lá em estado grave, o rapaz foi transferido e internado no Heat, onde permaneceu até a noite de quarta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =