Morre motorista de Uber de Niterói baleado no Rio

Morreu, na noite desta terça-feira, no Hospital São Lucas, na Zona Sul do Rio, Cristiano Farias, 32 anos, que estava internado desde do último dia 13, ao baleado na cabeça, após sair de Niterói e entrar por engano na Favela Gogó da Ema, em Guadalupe, Zona Norte do Rio. Seu falecimento teria sido confirmado por amigos e parentes da vítima nas redes sociais. A vítima seria motorista do aplicativo Uber e estava internada em estado grave em coma, e respirava com ajuda de aparelhos.

No dia em que foi baleado, Cristiano estava conduzindo seu veículo, após sair de Niterói para buscar o filho na casa de parentes, quando teria sido atacado a tiros, ao entrar por engano na comunidade Gogó da Ema, em Guadalupe. A ocorrência foi registrada na 31ª DP (Ricardo de Albuquerque), a Polícia Civil buscou imagens de câmeras de segurança para identificar os assassinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 15 =