Morre em Niterói, vítima da covid-19, o médico Luiz Fernando Pires de Mello

Morreu em Niterói, aos 78 anos, o médico Luiz Fernando Pires de Mello. Ele estava internado no Hospital Niterói D’Or, em tratamento pela Covid-19. A Clínica Pires de Mello, fundada há 59 anos junto com o irmão Luiz Rogério, há 59 anos, é referência na especialidade em Niterói e cidades vizinhas.

Ao se tornar uma referência nacional na retirada de corpos estranhos do ouvido, nariz e garganta, Luiz recebia os mais variados pacientes com objetos presos na laringe, traqueia, brônquios e no esôfago.

O médico chegou a fazer diversos atendimentos de criminosos que, perseguidos pela polícia, acabavam engolindo o produto do furto. Alguns chegavam à delegacia asfixiados por relógios, pulseiras, cordões.

Crianças que em momentos de travessura, colocavam caroços de feijão no nariz ou no ouvido, também faziam parte do dia-a-dia de atendimento do médico.

Ele que chefiou o Serviço de Endoscopia Peroral do Hospital de Bonsucesso, atendeu muitos pacientes engasgados por um alimento não mastigado corretamente ou asfixiado por uma espinha de peixe, ossos, pedaços de carne dura ou anéis, na maioria presos no esôfago.

Com a mulher Acácia formava um casal elegante e simpático. Deixa três filhos que seguiram sua carreira médica, Paulo, Fernando e Mariana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =