Morre Arnaldo Saccomani em São Paulo

O produtor cultural Arnaldo Saccomani faleceu na madrugada de quinta-feira (27) após complicações oriundas da diabetes e insuficiência renal aos 71 anos. Ele produziu diversos artistas, como Tim Maia e Rita Lee, e ficou nacionalmente conhecido por participar de programas de músicas. Com humor ácido e olhar crítico Saccomani faleceu em seu sítio em Indaiatuba, , em São Paulo, e artistas lamentaram a morte do amigo.

A família não divulgou a causa da morte e nem detalhes sobre o sepultamento. Ele deixa mulher e duas filhas. Um dos últimos trabalhos do produtor foi com a cantora Larissa Manoela, através do álbum Além do tempo, no ano passado. No Instagram a cantora lamentou a morte do amigo. “Hoje o dia acordou triste, meu querido produtor musical fez a passagem dele! Mas o meu sentimento é de total gratidão a ele que foi a pessoa que me deu a oportunidade de gravar a minha primeira música e meu primeiro CD. Arnaldo Saccomani confiou em mim e entregou a música Beijo Beijinho Beijão para eu interpretar na trilha sonora de Carrossel. Desde lá surgiu uma união, cumplicidade e respeito de intérprete e produtor musical. Meu eterno carinho e admiração pela pessoa e profissional que ele foi! Meus sentimentos à toda família que carrego como minha também. Descanse em paz meu querido, te carrego no peito, eterna gratidão”

Arnaldo Saccomani nasceu em 24 de agosto de 1949, em São Paulo, e trabalhou como compositor, produtor musical e instrumentista. Na década de 60 participou de produções de vários artistas, entre eles, Ronnie Von e Fábio Júnior, além do cantor mexicano Luis Miguel. Também trabalhou na carreira dos Mamonas Assassinas, Grupo Carrapicho e Tiririca, por exemplo. Além disso trabalhou em rádios como Antena 1 FM e Jovem Pan II.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + cinco =