Morre aos 91 anos o jornalista Abel Rodrigues

Aos 91 anos de idade faleceu no Hospital Geral do Ingá o jornalista Abel Rodrigues Gonçalves um dos mais conceituados jornalistas no eixo Niterói-Nova Friburgo. Ele foi Secretário de Trabalho do Estado, no governo Geremias Fontes, tendo dirigido a edição fluminense do “Diário de Notícias” e foi fundador da Academia Friburguense de Imprensa, em 1957.

Abel Rodrigues começou sua carreira no antigo”Diário do Povo”, de José de Mattos e trabalhou na antiga “A Palavra”,de Sardo Filho,em 1959. Profissional equilibrado, passou a integrar a equipe da “Ultima Hora”-fluminense, até seu fechamento. Nesta época, com Jourdan Amóra, criou o “Clube da Imprensa”, que teve como primeiro palestrante, no antigo restaurante “Le Petit Paris”, o então senador carioca e diretor do “Diário Carioca”, Danton Jobim, pela sua liderança e equilíbrio foi declarado “Presidente Perpétuo”.

Também com Jourdan Amóra e Luis Antonio Pimentel, todos da equipe da UH, ajudou a criar, em 2002, o saudoso Museu da Imprensa.Foi também um dos fundadores da Associação dos Cronistas Desportivos de Niterói. E dedicado diretor do Sindicato dos Jornalistas Profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *