Moradores reclamam de atendimento da Vigilância Sanitária e da Zoonoses

Wellington Serrano

Moradores de Niterói reclamam da demora para ser atendidos no Departamento de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses de Niterói.

Segundo eles, o telefone do órgão não funciona e o atendimento pessoalmente não resolve.

“Depois de não conseguir entender a caligrafia do texto nos termos de uma intimação de um fiscal tentei ligar para tirar dúvidas e não tive atendimento, resolvi ir pessoalmente ao órgão que fica na Rua São João e ainda assim não consegui resolver”, afirma um empresário que não quis se identificar.

Diante das reclamações que chegaram ao gabinete de Sandro Araujo (PPS), o parlamentar solicitou providências urgentes ao chefe do setor, Zamir Martins, em relação à comunicação com a população. A primeira solicitação de providência foi em relação aos notificados para que possam cumprir o prazo de 72h estabelecido com um melhor atendimento, a começar pelo preenchimento da notificação de forma legível e compreensível. “E que sejam disponibilizados mais formas para que a população entre em contato para que possam obter os esclarecimentos devidos”, diz o texto do ofício.

O chefe de gabinete Alexandre Ceotto, que foi o responsável de investigar as reclamações, disse que não viu nada igual. “Conferimos as denúncias ao longo do dia. O gabinete tentou diversas vezes entrar em contato com o telefone disponibilizado nos termos de intimação, o 2613-2805, e só se encontrava indisponível”, lamenta.

O documento também pede a suspensão dos prazos das intimações até que o problema seja sanado. Procurado, o Departamento de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses de Niterói, através da Prefeitura, disse que irá entrar em contato com os donos dos estabelecimentos para esclarecer quaisquer dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *