Moradores em situação de rua agridem casal em Icaraí

Passear por Icaraí já não está mais tranquilo como antes. Na manhã deste sábado (14), frequentadores da praça Getúlio Vargas, na Praia de Icaraí, foram agredidos por moradores de rua.

A agressão ocorreu depois que Márcia, 56, presenciou um forte cheiro de maconha, onde estavam alguns moradores em situação de rua. A vítima estava acompanhada do marido, do cachorro da família e de uma amiga no local, todos moradores da região.

A vítima então ligou para o Centro Integrado de Segurança Pública de Niterói (CISP) pelo número 153 que orientou para tirar fotos de onde estariam os usuários de drogas. Logo depois de realizar as fotografias, uma moradora de rua a agrediu por trás. Com direito a tapas e chineladas, segundo disse a vítima.

Dois policiais do Segurança Presente atenderam o chamado da vítima, mas estes orientaram que ela ligasse para o 190. Quando a viatura chegou, os agentes não desceram do veículo, e só anotaram o telefone da vítima e a foto da moradora de rua, que ficou debochando da situação, segundo Márcia.

O caso foi registrado na 77º DP em Icaraí, mas a vítima em contato com A Tribuna disse que a população de rua aumentou no último mês. Além disso, ela fez um apelo por mais segurança no local, assim como ocorre em outras partes do bairro.

“Por que a polícia não pode ficar presente na Praça Getúlio Vargas igual acontece no Campo de São Bento?” questionou.

4 thoughts on “Moradores em situação de rua agridem casal em Icaraí

  • 15 de maio de 2022 em 00:12
    Permalink

    Ultimamente não podemos mais levar as crianças pra ter lazer na Praça Getúlio Vargas pq o cheiro fétido de fezes humanas, vômitos, restos de quentinhas espalhadas pelo chão, fogareiro preparando feijão, casais dormindo nas gramas, homens às 8:00 hrs da manhã
    bebendo cachaça, homens mijando nos canteiros, moradores de rua dormindo nos bancos cheirando mal e mulheres de rua desbocadas e de debochadas não nos respeitam. Conclusão, se não tomarem uma providência a Praça Getúlio Vargas vai se transformar em uma cracolândia. Já existem 7 homens em grupo morando debaixo das marquises do cinema, os mesmos se reúnem em grupo dentro da praça. Existem três deles com tornozeleiras eletrônicas. Pagamos um IPTU caríssimo e não podemos usufruir dos lazeres públicos.

    Resposta
  • 15 de maio de 2022 em 10:01
    Permalink

    A população de rua está por toda a cidade. No ponto cem reais, embaixo da descida da ponte está lotado. E a prefeitura não faz nada lamentável.

    Resposta
  • 15 de maio de 2022 em 20:36
    Permalink

    Tem que fazer o mesmo que na candelária

    Resposta
  • 16 de maio de 2022 em 17:14
    Permalink

    A miséria e a falta de políticas públicas faz com que problemas sociais se agravem. A solução não é matar as pessoas como sugere a pessoa que elogiou a chacina da Candelária. Quando as pessoas compreenderem que enquanto só alguns privilegiados expandem cada vez mais seus patrimônios e outros passam fome não há o “desenvolvimento” admirado em alguns países, quem sabe a situação comece a se alterar.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.