Moradores do Centro estão preocupados com furtos

Moradores da região Central de Niterói relatam que passar pelas ruas do bairro aos finais de semana e feriados tem se tornado motivo de preocupação. Há relatos de ocorrências de furtos a comércios e residências na região. Entre os principais alvos de criminosos estão bicicletas.

Segundo um porteiro de 56 anos, que mora na altura do número 160 da Rua São João e tomou conversar com a reportagem de A TRIBUNA, no último dia 2 de novembro, feriado de finados, ele teve a bicicleta furtada na garagem do condomínio onde mora, tendo cadeado arrombado e tranca cortada. Ele fez o registro da ocorrência na Delegacia Online da Polícia Civil.

“No dia de finados invadiram meu prédio e furtaram minha bicicleta, na sexta-feira seguinte voltaram e roubaram outra bicicleta. Também invadiram um comércio aqui na região e um estacionamento também teve itens furtados. Se a pessoa tiver que andar aos finais de semana de madrugada não vê policiais rodando por aqui”, disse.

O morador afirma que, aos finais de semana, o policiamento tem diminuído em relação aos dias de semana. Segundo o porteiro, criminosos se misturam à população em situação de rua para cometer crimes como os furtos. Na concepção dele, o policiamento deveria ter atenção maior com essas pessoas.

“Comecei a notar que, a partir de sextas feiras á noite, o policiamento desaparece. Há muitas pessoas morando nas ruas, infelizmente. Vejo quando saio para trabalhar à noite. Na região de São Lourenço há muitos dependentes químicos e pessoas que ficam ‘jogadas’ aqui pelo Centro. E nos finais de semana não há policiamento”, prosseguiu.

De acordo com o major Abrahão Clímaco, coordenador da operação Segurança Presente em Niterói, o centro é o local com maior número de policiais da operação, com 48 por turno. Ele informou que o policiamento é feito na região entre 6h e 22h. Além disso, o coordenador informou que o número de registros de casos de furto a transeunte e roubo de rua diminuíram 76% e 34,8% respectivamente, segundo dados preliminares do mês de novembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =