Monólogo sobre Frida Kahlo no Teatro da UFF

O monólogo Frida Kahlo – A Deusa Tehuana, livremente inspirado no diário e na obra de Frida Kahlo, será apresentado no Teatro da UFF de 13 a 15 de janeiro de 2017. A peça mostra fragmentos da vida e do pensamento de uma mulher à frente de seu tempo. A peça abre com o prólogo de Dolores Olmedo Patiño, marchand que possui a maior coleção de Frida Kahlo e de Diego Rivera, no mundo. Responsável por preservar e difundir o acervo do casal. Dolores e Frida nunca foram amigas. Mas foram duas mulheres apaixonadas pelo mesmo homem. Uma, colecionadora de arte; outra, a expressão da própria arte.

Alguns artistas ultrapassaram a popularidade adquirida com seu trabalho e tornaram-se sua melhor arte. Frida Kahlo pintou seu próprio rosto dezenas de vezes no corpo de uma obra intensamente auto referenciada. Teatralizou a sua própria existência. Foi a expressão maior de luta e superação, mesmo trazendo consigo as maiores dores físicas e existenciais. E, no lugar do luto, vestiu-se de intensas cores.

Com direção de Luiz Antonio Rocha e atuação de Rose Germano, a peça obteve sucesso de público e crítica em três temporadas no Rio de Janeiro e reconhecimento internacional com destaque no principal jornal mexicano “El Universal” e na TV Mexicana. Luiz Antonio Rocha, diretor de extrema sensibilidade, coleciona sucessos como os das peças “Uma loira na lua”, “Eu te darei o céu” e “Brimas”, entre outras. Ganhador de dois prêmios Mambembes e indicação ao prêmio Shell, em Frida Kahlo – A Deusa Tehuana, ele desconstrói o mito para falar da mulher, da importância de reinventar eternamente o espaço que ocupamos no mundo, da necessidade de refletir sobre o amor, a arte e as escolhas que fazemos ao longo da vida.

Rose Germano, atriz com formação em teatro e em cinema, sempre procurou aprofundar a sua arte e conduzi-la para um teatro de referências. Mergulhou no universo de Shakespeare, Brecht, Plauto etc., mas foi em Frida que ela encontrou o seu grande desafio. No cinema estreou em “Anjos do Sol”, em 2006 (premiado no Festival de Gramado). O seu mais recente trabalho na TV, foi na novela “Velho Chico” e, no teatro, na peça “Nordestinos”.

O monologo será apresentado nos três dias sempre às 20h no Teatro da UFF. A classificação etária é de 16 anos e os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada). O Teatro da UFF fica na

Rua Miguel de Frias, 9 em Icaraí. Mais informações pelo telefone (21) 3674-7512 (sempre a partir de 14h).

One thought on “Monólogo sobre Frida Kahlo no Teatro da UFF

  • 24 de abril de 2017 em 18:21
    Permalink

    oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + vinte =