Modric é o melhor jogador da Europa

Junto do sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões, a Uefa também elegeu, ontem, os melhores jogadores em cada posição na última temporada europeia de futebol. O Real Madrid, atual tricampeão da Champions, “dominou” na premiação, com cinco eleitos.

O melhor jogador eleito pela entidade máxima do futebol europeu foi Luka Modric, do Real Madrid, desbancando Cristiano Ronaldo e Mo Salah.

Arqueiro da equipe merengue, Keylor Navas foi considerado pela entidade máxima do futebol europeu como o melhor goleiro da temporada, com 222 pontos. Atrás dele, em ordem, vieram o brasileiro Alisson, Buffon, ter Stegen e Courtois.
O título de melhor defensor ficou com Sergio Ramos. O zagueiro do Real Madrid desbancou os companheiros de equipe Marcelo e Varane para vencer o prêmio.

No meio de campo, Modric não deu espaços para dúvidas e conquistou o prêmio. O croata, vice-campeão do mundo com a Croácia e peça fundamental no setor intermediário dos atuais tricampeões da Europa, superou De Bruyne, Kroos, Casemiro e Milner.

Cristiano Ronaldo, agora na Juventus, confirmou as expectativas e foi considerado o melhor atacante da Uefa na última temporada europeia.

“Ridículo”, diz agente de CR7 sobre eleição de Modric

A escolha de Modric parece estar alimentando polêmica e críticas negativas. Jorge Mendes, agente de Cristiano Ronaldo, não gostou do croata como vencedor da premiação e detonou a escolha.

“O futebol é jogado dentro das quatro linhas e, ali, Cristiano Ronaldo ganhou. Marcou 15 gols, levando o Real Madrid nas costas até a conquista da Champions. É pura e simplesmente ridículo (o prêmio)”, disparou o dirigente.

Desde a temporada 2012-2013, quando Ribery foi eleito o melhor do continente europeu, Modric é o primeiro a desbancar Messi e Cristiano Ronaldo. O argentino, por sinal, sequer esteve entre os finalistas. A escolha pelo croata foi feita por meio dos votos de treinadores e jornalistas da Europa.

Modric, também foi eleito o melhor jogador da última Copa do Mundo, disputada na Rússia. O meio-campista do Real Madrid foi responsável por levar a seleção até a grande decisão contra a França.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =