Missa em ação de graças celebra obras da nova Catedral

Geovanne Mendes

Cerca de 300 fiéis de várias paróquias da Arquidiocese de Niterói se reuniram na manhã de ontem na Capela São João Paulo II para a celebração de uma missa, presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom José Francisco Rezende Dias, concelebrada pelo arcebispo emérito de Niterói, Dom Alano, pelo vigário geral da Arquidiocese, Padre Carmine Pascale, e vários padres.

Dom José Francisco agradeceu a todos que colaboram com a obra da Nova Catedral, que está sendo contruída no Caminho Niemeyer, no Centro, e também aos funcionários que estão trabalhando nas fundações. Ao final da celebração, todos foram conhecer o canteiro de obras e o arcebispo abençoou os fiéis.

“Apesar dos avanços, a Arquidiocese de Niterói ainda não tem toda a verba necessária para a construção da nova Catedral. Para garantir os recursos, está recebendo contribuições por carnê, boleto ou depósito em conta. Os interessados em ajudar esta ‘obra de Fé’ devem acessar o site: novacatedral.arqnit.org.br, procurar a secretaria de sua paróquia ou ligar para o telefone 3602-1700”, disse Dom José Francisco.

O Projeto

O objetivo é concluir as obras e inaugurar o prédio até o final de 2019. O projeto foi lançado em 2014 e, na ocasião, a construção foi orçada em R$ 40 milhões, a serem obtidos juntos a comunidade local, através de campanha de arrecadação e doações espontâneas. A nova Catedral foi projetada para acolher cinco mil pessoas em seu interior. A arquitetura é composta por uma cúpula de 60 metros de diâmetro e suspensa por três arcos de 65 metros de altura. Conta também com um altar externo para celebrações, com capacidade para até 15 mil pessoas na esplanada. Terá, ainda, uma sacristia, capela do Santíssimo, espaço cultural multiuso para exposições e eventos, arquivo histórico, museu de arte sacra, ossuário e livraria com lanchonete.

Na fase inicial buscava-se a obtenção de licenças e autorizações, elaboração dos projetos técnicos, execução das sondagens e terraplenagem, possibilitando a implantação da obra. Esta fase encontra-se praticamente finalizada, com o término da terraplenagem e renovação de algumas licenças junto aos órgãos responsáveis.

Nesta fase atual, haverá o cercamento do terreno, podendo assim, dar início os serviços de pré-obra, como concluir o isolamento do terreno e criar áreas de vivências (vestiários, almoxarifados, escritórios e oficinas), com o objetivo de atender às necessidades do projeto e das normas. Para funcionamento do canteiro de obras e frentes de serviço, estão sendo realizadas ligações provisórias de água, esgoto, eletricidade e telefonia, de acordo com a demanda prevista. Neste período, foram providenciados os insumos para a execução das estacas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + vinte =