Missa celebra 201 anos de fundação da Câmara de Vereadores de Niterói

Os 201 anos de fundação da Câmara Municipal de Niterói foram comemorados na manhã desta terça-feira, dia 11, com uma missa celebrada na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, marco da fundação do legislativo municipal. A celebração, que é uma tradição anual da Casa, foi realizada pelo padre José Goretti Pio e contou com a presença do presidente da Casa, Paulo Bagueira, e dos vereadores João Gustavo e Emanuel Rocha, além de diretores e servidores da Câmara.

Em sua homilia, o Padre Goretti destacou a importância da Casa Legislativa no processo político de uma cidade, disse que independentemente de credos e religiões, os vereadores devem sempre ter em mente os princípios da fé cristã, como o amor ao próximo e o trabalho em prol do bem comum. Ele destacou, especialmente, a importância da Câmara de Niterói e lembrou que sem a fé e os preceitos religiosos a Casa não estaria comemorando mais de dois séculos de história.

O presidente Paulo Bagueira destacou a importância de se comemorar uma data como a fundação do parlamento municipal, mesmo em tempos de pandemia como vivemos agora. Agradeceu a presença dos servidores, que fazem a história do parlamento municipal e lembrou que em 201 anos de história, ele presidiu a Câmara por 12 anos.

“Me despeço esse ano, já que não concorrerei a um novo mandato para a vereança, mas estarei sempre participando dessa celebração e agradeço o empenho de cada um de vocês, servidores da Casa”, disse.

A celebração respeitou todos os protocolos de combate à pandemia. Todos usavam máscaras, a temperatura de cada participante foi medida na entrada, houve distanciamento social e disponibilização de álcool em gel para todos.

História e tradição
No dia 11 de agosto de 1819, com a criação da Câmara de Vila Real da Praia Grande, a primeira reunião legislativa foi realizada onde hoje está localizado o Hospital Santa Cruz, então casa de dona Elena Casemira. Nesse período, algumas reuniões chegaram a ser feitas na Igreja de Nossa Senhora da Conceição. Até 1822 os locais de reunião são incertos, com fortes indícios que tenham ocorrido, em sistema de rodízio, na residência dos três vereadores da época. Já em 1822 foi para um prédio no Jardim São João, onde hoje funciona a Secretaria Municipal de Educação.

Em seus 201 anos de existência, a Câmara de Vereadores de Niterói, como os povos nômades do deserto, mudou de endereço por diversas vezes. Das casas de Elena Casemira, Felipe Correia e Joana Helena Teodora da Cunha ao Palacete de José Maria Pinto Peixoto. Passando ainda pelo Jardim São João, pelas ruas da Praia, Saldanha Marinho, Visconde de Itaboraí e Conceição, com possível passagem pela Praça Martim Afonso de Souza até o endereço atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − quatro =