Ministério da Saúde suspende vacinação para adolescentes

Adolescentes sem comorbidades terão a vacinação suspensa segundo uma nota técnica emitida pelo Ministério da Saúde. A nova orientação da pasta revisa a ação que já estava sendo feita há mais de um mêse restringe a imunização a “adolescentes de 12 a 17 anos que apresentem deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade, apesar da autorização pela Anvisa do uso da Vacina Cominarty (Pfizer/Biontech)”.

Foram 3,5 milhões de adolescentes vacinados e somente 1,5 mil tiveram algum tipo de reação adversa. O que levou, durante a CPI da Covid no Senado, o senador Randolfe Rodrigues a criticar a medida adotada pela pasta. O senador abriu um requerimento para que em até 48 horas o Ministério da Saúde explique “o fundamento científico” da nota.

“Crianças e adolescentes também são vetores de disseminação do vírus. Se o Ministério da Saúde quer admitir o fracasso de que não tem doses para distribuir para todo mundo, é melhor dizê-lo, mas não emitir uma nota, com todo o respeito a eventuais cientistas que tenham subscrito, não emitir uma nota dizendo que a OMS não recomenda a vacinação”, disse.

A justificativa é que a Organização Mundial de Saúde (OMS) não recomenda a vacinação de adolescentes sem comorbidades já que a maior parte apresenta “evolução benigna” da doença, e a melhora do cenário epidemiológico com redução de cerca de 60% nos números de casos e óbitos. Uma nota anterior previa que adolescentes sem comorbidades fossem os últimos serem vacinados.

A recomendação é a vacinação de adolescentes com comorbidades que possam apresentar mais riscos de desenvolver uma forma mais severa de Covid-19. Diante da mudança na recomendação, a pasta informa aos estados que “serão enviadas doses da vacina Comirnaty do fabricante Pfizer/Biontech especificamente para esta população nas pautas de distribuição realizadas a partir de 15 de setembro de 2021.”

O Estado do Rio de Janeiro informou que, neste primeiro momento, não vai aderir à recomendação. O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conasens (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde) enviaram um ofício à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pedindo um posicionamento da agência sobre a recomendação.

NITERÓI

A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói informou que, seguindo as recomendações da Sociedade Brasileira de Pediatria, da Anvisa e outras instituições, já vacinou mais de 70% da população de 12 a 17 anos. Até o momento, não houve nenhum relato de evento adverso grave. A Secretaria aguarda o posicionamento da Anvisa e o resultado da Reunião da Câmara Técnica de Assessoramento a Imunização- CTAI, solicitada imediatamente pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias municipais de Saúde (Conasems).

MARICÁ

A Prefeitura de Maricá informou que concluiu na última terça-feira (14) a vacinação com a primeira dose aplicada em adolescentes de 12 a 17 anos, e segue aguardando o posicionamento da Anvisa para aplicar a segunda dose neste grupo.

A cidade também informou que não haverá repescagem para esta faixa etária na sexta-feira (17). A decisão segue a última nota técnica divulgada pelo Ministério da Saúde, orientando a interrupção da vacinação contra a Covid-19 dos adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades.

SÃO GONÇALO

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo informa que a vacinação de todos os adolescentes vai continuar normalmente na cidade.

ITABORAÍ

O município informou que ainda não recebeu nenhuma orientação da Secretaria estadual de Saúde, portanto, seguirá com a vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos na cidade.

RIO BONITO


A prefeitura emitiu uma nota informativa dizendo que restringiu a vacinação e só vai aplicar em adolescentes de 12 a 17 anos que apresentem deficiência permanente ou comorbidade. A decisão se deu pois os benefícios da vacinação em adolescentes sem comorbidades, ainda não estão claramente definidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =