Milton Nascimento recorda época que morou em Niterói durante gravações de álbum

O músico Milton Nascimento está no seleto grupo de grandes artistas da música brasileira. Nesta terça-feira (14), o cantor e compositor lembrou de uma passagem marcante em sua carreira, na qual a cidade de Niterói, mais precisamente o bairro de Piratininga, tiveram participação fundamental. Foi em uma casa, no bairro da Região Oceânica, de onde saiu grande parte das composições de “Clube da Esquina”.

Nascimento publicou, em suas redes sociais, uma foto em que aparece, ao lado da mãe, Lilia, na Praia de Piratininga. Na descrição, o artista chama o lugar carinhosamente como “Mar Azul”. Ele também conta que, ao fundo da imagem, aparece a casa onde ele morou junto com Lô Borges e Beto Guedes, seus parceiros na obra. Os músicos moraram na cidade enquanto gravavam as faixas em um estúdio no Rio de Janeiro.

“Minha mãe, Lilia, e eu, em Mar Azul, na Praia de Piratininga. Ao fundo, a casa em que morei junto com Lô Borges e Beto Guedes. E onde praticamente nasceu o disco Clube da Esquina”, explicou Nascimento.

Capa de ‘Clube da Esquina (1972) – Foto: Reprodução

“Lilia” também é o nome da 18ª faixa do disco. A música instrumental foi composta a partir de uma inspiração do Milton, ao ver a mãe caminhando na rua, em Piratininga, quando estava indo embora, após passar o fim de semana com ele, em um dos momentos de folga durante a produção do “Clube”. É importante observar que o “Clube da Esquina” em si jamais existiu. O título do álbum é meramente fictício.

Lançado em 1972, isto significa que, em 2022, o álbum irá completar 50 anos. Estudiosos no ramo da música consideram a obra uma das mais importantes da história da Música Popular Brasileira (MPB). Isto se deve à clareza na mudança de paradigma que pode ser observada na sonoridade que os artistas do gênero passaram a produzir, a partir do início da década de 1970. Além disso, “Clube da Esquina” se notabilizou por incluir, em suas canções, críticas ao regime militar, vivido pelo Brasil á época de seu lançamento.

Colaborou: Marcelo Feitosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 8 =